Todas as assistências da seleção brasileira desde 1930: veja o levantamento inédito

Última atualização

A seleção brasileira inicia nesta sexta-feira a sua caminhada para tentar chegar à Copa do Mundo do Qatar, em 2022, contra a Bolívia, na Neo Química Arena, e a Goal traz para você um dado inédito sobre a história da Amarelinha: os atletas que mais passes para gol deram com a camisa da equipe desde 1930, ano da primeira Copa do Mundo.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

A pesquisa se vale de vídeos disponibilizados na internet e matérias dos jornais Folha de S. Paulo e O Globo, que disponibilizam o acervo gratuito e têm longo histórico de cobertura da seleção brasileira.

Ainda ficaram sem registro 15 das 1063 partidas disputadas pelo Brasil neste período, a maioria delas por combinados locais representando a seleção. Um exemplo foi o Pan-Americano de 1960, disputado por um combinado gaúcho e dono de cobertura apenas básica dos meios de comunicação de Rio de Janeiro e São Paulo.

A lista de jogos na qual se baseou a pesquisa foi a do site RSSSF, especializado em estatísticas do futebol e que possui uma seção totalmente dedicada à seleção brasileira.

Assim como na artilharia, quem nada de braçada no quesito assistências é Pelé, autor de 64 em seus 114 jogos pelo Brasil, uma média de mais de um passe para gol a cada dois jogos. Apenas Zizinho, craque da década de 50, consegue superar a média do Rei, ainda que tenha apenas metade das assistências.

Um nome que surpreende é o de Neymar, tranquilamente posicionado na segunda posição e a uma distância que o permite alcançar Pelé. Caso mantenha a média atual, o jogador deve demorar menos de 40 jogos para chegar no maior jogador da história neste quesito.

Foto: Pedro Martins/Mowa Press

Assim como na artilharia, o rol dos líderes está reservado apenas para lendas do futebol nacional, sendo Ronaldo, Bebeto e Ronaldinho Gaúcho os mais recentes além de Neymar. As décadas de 60 e 70, com Pelé, Jairzinho, Rivellino e Garrincha, também estão bem representadas.

Ausentes na lista que reúne apenas as assistências, Zizinho, Romário e Tostão aparecem quando são incluídos os gols marcados pelos jogadores pela seleção. Chama a atenção como, entre os maiores atacantes da história, a média de participação em gol por jogo sempre gira na casa dos 0,8 para cima. Pelé tem absurdas 1,39 por partida.

Veja abaixo a lista geral:

Top-10 assistências seleção brasileira (1930-2020):

Foto: Getty Images

1 - Pelé - 64 assistências em 114 jogos

2 - Neymar - 47 assistências em 103 jogos

3 - Zizinho - 32 assistências em 54 jogos

4 - Zico - 32 assistências em 88 jogos

5 - Ronaldo - 31 assistências em 105 jogos

6 - Garrincha - 27 assistências em 60 jogos

7 - Rivellino - 26 assistências em 121 jogos

8 - Jairzinho - 26 assistências em 102 jogos

9 - Ronaldinho Gaúcho - 25 assistências em 102 jogos

10 - Bebeto - 23 assistências em 82 jogos

Participações em gol da seleção em toda a história

Foto: Divulgação Santos FC

1 - Pelé - 95 gols e 64 assistências em 114 jogos - 159 participações diretas em 114 jogos - 1,39 por jogo

2 - Neymar - 64 gols e 47 assistências em 102 jogos - 111 participações diretas em 103 jogos - 1,08 por jogo

3 - Ronaldo - 67 gols e 31 assistências em 105 jogos - 98 participações diretas em 105 jogos - 0,93 por jogo

4 - Zico - 66 gols e 32 assistências gols em 88 jogos - 98 participações diretas em 88 jogos - 1,11 por jogo

5 - Romário - 56 gols e 14 assistências em 74 jogos - 70 participações diretas em 74 jogos - 0,94 por jogo

6 - Jairzinho - 44 gols e 26 assistências em 102 jogos - 70 participações diretas em 102 jogos - 0,68 por jogo

7 - Rivellino - 43 gols e 26 assistências em 121 jogos - 69 participações diretas em 121 jogos - 0,57 por jogo

8 - Bebeto - 42 gols e 23 assistências em 82 jogos - 65 participações diretas em 82 jogos - 0,79 por jogo

Mais artigos abaixo

9 -  Zizinho - 31 gols e 32 assistências em 54 jogos - 63 participações em 54 jogos - 1,16 por jogo

10 - Tostão - 37 gols e 21 assistências em 65 jogos - 58 participações diretas em 65 jogos - 0,89 por jogo