Sem festa no Anfield: Liverpool encerrará campanha da Premier League em campo neutro

Última atualização

Depois de 30 anos de espera e a paralisação do futebol pela pandemia de coronavírus, o Liverpool pode ficar sem seu estádio para comemorar o título da Premier League. Polícias locais temem que, mesmo com jogos disputados com portões fechados, algumas partidas podem atrair torcedores para os arredores dos estádios.

Pelo menos cinco jogos nesta retomada do futebol inglês podem ser disputados longe do estádio do time mandante. Os jogos do Liverpool são os que mais preocupam as autoridades justamente porque o clube está muito perto de conquistar o campeonato.

Nesta quinta-feira, 28 de maio, foi oficializado que a Premier League volta no dia 17 de junho, com jogos em quase todos os dias da semana. Com isso, as autoridades já se preparam para que torcedores n˜ão se aglomerem perto de estádios.

A Goal confirmou que pelo menos quatro jogos dos Reds podem mudar de local: Manchester City x Liverpool, Newcastle United x Liverpool e o clássico de Merseyside, Everton x Liverpool, além da partida que pode dar o título para a equipe de Jurgen Klopp.

Outros jogos também podem ser mudados de local: Manchester City x Newcastle e Manchester United x Sheffield United, segundo a Press Association.

O vice-chefe de polícia Mark Roberts, da South Yorkshire Police, que lidera o policiamento de futebol no Reino Unido, disse em comunicado divulgado pela Press Association: "Nossas discussões com a Premier League durante todo esse processo foram positivas, com um foco compartilhado na prioridade de saúde pública".

Ciente do que as aglomerações podem causar neste cenário de pandemia, o Liverpool quer esperar o momento certo para celebrar a tão sonhada conquista com seus torcedores.

Alguns clubes foram contra a ideia de jogos em campos neutros, principalmente aqueles que lutam na parte de baixo da tabela. O Brighton é um exemplo de time preocupado em perder a "vantagem" de jogar em sua casa mesmo sem torcida.