Ronaldo no Real Madrid? "Não se supreendam se voltar", crava parceiro de seleção

Cristiano Ronaldo
Getty
Companheiro de CR7 na seleção de Portugal acredita que o craque pode voltar ao Madrid; crise do coronavírus poderia contribuir para Juventus aceitar

O casamento entre Cristiano Ronaldo e Real Madrid pode não ter chegado ao fim. Pelo menos é o que pensa um companheiro de seleção do português. CR7 jogou na capital espanhola por nove temporadas, onde conquistou todos os títulos possíveis e se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 450 gols em 438 jogos. Porém, o astro resolveu aceitar mais um um desafio em sua carreira e partiu para Turim, na Itália. 

Além do desafio, o longo contrato oferecido pela Juventus, com validade até 2022, quando o gajo terá 37 anos, também seduziu o atleta. Mas todos sabem que a idade é apenas um mero número para o cinco vezes melhor do mundo e, muito provavelmente, sua carreira continuará por mais bons anos.

Até por isso, José Fonte, companheiro de CR7 na seleção de Portugal, acredita que o craque pode voltar ao Real Madrid, mesmo antes do término de seu contrato com a Juve. 

"Eu sei que ele ama o Madrid, com toda certeza. Então, eu não ficaria surpreso se ele voltar ao Real Madrid”, disse o zagueiro ao talkSPORT.

Fonte conhece bem Cristiano Ronaldo. Os dois jogam juntos há anos na seleção de Portugal e  fizeram parte do grupo campeão da Eurocopa em 2016. Assim, ele sabe que Ronaldo deixou saudades em Madrid, mas que também gostaria de reviver seus bons momentos por lá.

Cristiano Ronaldo Real Madrid Champons League Foto: Getty Images

“É claro que ele ama o Real. É um dos maiores clubes do mundo, se não o maior. Ele deixou muitos amigos lá e sempre terá portas abertas”.

Cabe destacar que esse ano, CR7 foi ao Santiago Bernabéu acompanhar uma partida entre seu ex-clube e o Barcelona, e literalmente parou a cidade, que ficou em alvoroço para rever um dos maiores ídolos de sua história. 

Apesar disso, algumas fontes ligadas à diretoria merengue acreditam que o português não faça mais parte da filosofia do clube, que seu tempo por lá já passou. 

Mais artigos abaixo

Mas o fato é que Cristiano Ronaldo sempre será bem quisto em Madrid, ao passo que as especulações sobre sua saída da Itália aumentam. A crise causada pela pandemia do novo coronavírus parece estar afetando a Juventus, que estuda abrir mão de alguns de seus atletas. E o cinco vezes campeão da Champions League, com um salário de cerca de 31 milhões de euros anuais, poderia ser um deles. 

Além de ser o maior artilheiro da história do Real, Ronaldo conquistou 15 títulos pelo clube, com quatro Ligas dos Campeões e dois campeonatos espanhóis. Se ele não tiver portas abertas em Madrid, ninguém mais terá.

Fechar