Quantos gols foram anulados pelo VAR no Brasileirão 2020?

Comentários()
A Goal traz uma lista contabilizando quantos gols não foram válidos, no Campeonato Brasileiro, com a ajuda do árbitro de vídeo

O árbitro auxiliar de vídeo, conhecido mundialmente pela sigla VAR, fez sua estreia no Brasileirão de 2019 e trouxe consigo muitos avanços. Entretanto, não acabou completamente com algumas polêmicas – concentradas geralmente no tempo para as revisões dos lances e no excesso de intervenções em acontecimentos interpretativos.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

No Brasileirão 2020, o VAR segue como personagem para buscar evitar algumas injustiças, mas também continua a levantar polêmicas. Aqui, você vai encontrar uma contagem – que será atualizada rodada a rodada – com o número de gols que foram anulados graças à intervenção do árbitro auxiliar de vídeo.

Os números abaixo não levam em consideração o número de interrupções para análise de lances como pênaltis, por exemplo. O roteiro é simples: houve um gol, a arbitragem não viu nenhuma irregularidade logo de cara (como um impedimento, por exemplo) e depois de receber a chamada da cabine do VAR acabou anulando os gols (por causa de um impedimento não visto anteriormente, por exemplo, mas por outras razões).

O VAR anulou quantos gols no Campeonato Brasileiro 2020?

VAR Brasileirão  (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Até o momento, o Campeonato Brasileiro teve 18 rodadas disputadas de forma incompleta – por causa das poucas datas em meio ao retorno após a paralização motivada pela pandemia do novo coronavírus.

De qualquer forma, 425 gols foram marcados até o momento: alguns deles validados pelo VAR, outros saíram através de pênaltis assinalados com ajuda da tecnologia. Mas o total de tentos que aconteceram e foram, posteriormente, anulados pelo árbitro auxiliar de vídeo foi de 32 gols.

Quais times tiveram mais gols anulados pelo VAR?

TIME GOLS ANULADOS PELO VAR MOTIVO
Botafogo 4 Mão na bola, impedimento (2x), falta marcada
Vasco 4 Impedimento (2x), falta, mão na bola
Santos 3 Mão na bola, impedimento (2x)
Fluminense 3 Mão na bola, falta marcada, impedimento
Flamengo 3 Impedimento, mão na bola, bola fora de campo
Fortaleza 3 Mão na bola (2x), impedimento
Atletico-GO 2 Impedimento (2x)
Atlético-MG 2 Impedimento (2x)
Coritiba 2 Impedimento (2x)
São Paulo 1 Impedimento
Ceará 1 Impedimento
Corinthians 1 Falta de ataque
Bahia 1 Falta
Goiás 1 Impedimento
Palmeiras 1 Impedimento

Até a 18ª rodada deste Brasileirão, Botafogo e Vasco foram os times com o maior número de tentos anulados pela arbitragem de vídeo: quatro.

Brasileirão 2020: os gols anulados pelo VAR

  1. Atlético-MG* 3 x 2 Corinthians (2ª rodada, gol anulado de Réver – Yohan estava em posição irregular no lance)
  2. São Paulo 1 x 0 Fortaleza* (2ª rodada, gol anulado de Juninho - a bola encosta em sua mão)
  3. Internacional 2 x 0 Santos* (2ª rodada: Kaio Jorge marca, mas sua mão encosta na bola e o Var anula)
  4. Atlético-GO* 3 x 0 Flamengo (2ª rodada: Gustavo Ferrareis completa cruzamento, mas o impedimento foi marcado pelo VAR)
  5. Coritiba 0 x 1 Flamengo* (3ª rodada: Pedro marca, mas o VAR vê posição irregular)
  6. Fluminense* 2 x 1 Inter (3ª rodada: Michel Araújo fez pelo Fluminense, mas a bola bateu em sua mão
  7. Inter 3 x 0 Atlético-GO* (4ª rodada: Gol de Matheusinho, anulado por posição de impedimento).
  8. Botafogo* 2 x 1 Atlético-MG (4ª rodada: Gol anulado por mão de Matheus Babi no lance que resultou em seu gol)
  9. Athletico-PR 0 x 1 Fluminense* (5ª rodada: Lucas Claro faz gol para o Flu, mas o VAR vê falta de Digão antes e anula; Michel Araújo marca, mas Lucas Claro estava em posição irregular)
  10. Flamengo* 1 x 0 Botafogo (5ª rodada: Gabigol marca, mas VAR vê mão de Bruno Henrique na jogada e anula)
  11. Bragantino 1 x 2 Coritiba* (5ª rodada: Sabino marca de cabeça, mas a tecnologia o mostra em posição irregular).
  12. Botafogo* 0 x 2 Internacional (6ª rodada: Matheus Babi marca, mas o VAR vê impedimento na origem do lance; Bruno Nazário marca, mas o VAR vê falta de Matheus Babi na origem do lance).
  13. Santos* 0 x 1 Flamengo (6ª rodada: o Santos abriu 2 a 0, mas ambos os gols foram anulados por causa de posição irregular dos jogadores que participaram das jogadas).
  14. Atlético-GO 0 x 2 Ceará* (6ª rodada: Fernando Sobral marca, mas o gol é anulado por impedimento).
  15. Atlético-MG 3 x 0 São Paulo* (7ª rodada: Luciano faz o gol, mas o lance é anulado após checagem do VAR).
  16. Corinthians* 2 x 2 Botafogo (8ª rodada: Otero faz o gol, mas o VAR avisa o árbitro que Jô cometeu falta no meio do lance).
  17. Vasco* 1 x 0 Athletico-PR (8ª rodada: Ribamar fez o gol, mas o VAR viu falta no início do lance).
  18. Athletico-PR 1 x 1 Botafogo* (9ª rodada: Impedimento de Caio Alexandre no lance do gol de Bruno Nazário foi flagrado pelo VAR).
  19. Vasco* 1 x 2 Atlético-GO (9ª rodada: Cano marca, mas havia dominado a bola com o braço).
  20. Botafogo 2 x 3 Vasco* (10ª rodada: Thalles Magno marca no rebote, mas estava impedido na hora do chute de Pikachu).
  21. Atlético-GO 3 x 4 Atlético-MG* (11ª rodada: Savarino completa cruzamento, mas estava à frente da linha da bola)
  22. Bahia* 1 x 2 Sport (13ª rodada: Gregore faz o gol de fora da área, mas o VAR vê falta de Clayson no início da jogada).
  23. Fortaleza* 0 x 0 Atlético-GO (13ª rodada: Fortaleza marca após confusão na grande área, mas a bola havia batido na mão de Carlinhos).
  24. Grêmio 2 x 1 Coritiba* (14ª rodada: Robson marca, mas estava em posição irregular quando recebeu o passe).
  25. Goiás* 2 x 3 Santos (14ª rodada: Victor Andrade faz um golaço, mas o VAR vê impedimento no início da jogada)
  26. Fortaleza* 2 x 1 Atlético-MG (14ª rodada: Yuri César faz o gol de fora da área, mas havia recebido a bola em posição irregular).
  27. Vasco 1 x 2 Flamengo (15ª rodada: Cano só empurra para o gol, mas o impedimento foi marcado antes do cruzamento).
  28. Palmeiras* 1 x 3 Coritiba (16ª rodada: Gabriel Verón completa cruzamento de Willian, mas estava à frente da linha da bola).
  29. Corinthians 1 x 5 Flamengo* (17ª rodada: Após gol de Éverton Ribeiro, o VAR viu que a bola havia saído de campo no início da jogada).
Números e informações atualizados em 26 de outubrode 2020, às 12h (de Brasília).

O Brasileirão 2020 e as críticas ao VAR

VAR árbitro vídeo CBF Brasil (Foto: Divulgação/CBF)

Que o VAR veio para ficar e ajuda o jogo a ter mais acertos do que erros, está claro mundo afora. Entretanto, as principais críticas aqui no Brasil levam em conta a demora para o árbitro tomar suas decisões. Em relação aos gols anulados neste Brasileirão, alguns geraram muita polêmica.

A maioria aconteceu em lances interpretativos, como faltas que não foram marcadas pelo árbitro de campo na origem de uma jogada e, após intervenção do VAR, foram assinaladas. Mas houve um gol anulado por impedimento que também foi muito contestado. No jogo entre Atlético-MG e São Paulo, pela 7ª rodada, Luciano fez o gol e mesmo com o auxílio da tecnologia foi extremamente difícil perceber a irregularidade.

Fechar