PSG reafirma boa relação com a CBF após corte de Neymar da seleção

Última atualização

O mistério sobre a presença ou ausência de Neymar nos jogos da seleção brasileira causou certa apreensão em Paris, mais especialmente no PSG. Com o fato resolvido, o clube francês emitiu um comunicado oficial falando sobre o retorno do craque à capital francesa para continuar o tratamento de sua lesão na perna.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

O camisa 10 do PSG sofreu uma lesão ainda no primeiro tempo do jogo contra o Istanbul Basaksehir, pela Liga dos Campeões. O craque deixou o campo, mas continuou na convocatória de Tite. O clube deixou a entender que preferia ver o camisa 10 fora do grupo escolhido por Tite, mas o 'alívio' de ver Neymar desconvocado só veio na última quinta-feira (12), véspera do jogo contra a Venezuela.

Após essa pequena tensão causada entre o clube francês e a confederação brasileira, o PSG emitiu um comunicado oficial em seu site informando sobre a continuidade do tratamento do craque.

"Neymar Jr voltará a Paris e ao centro de treinamento de Ooredoo em breve para continuar seu programa de tratamento, já que a equipe médica da Seleção Brasileira não quis correr nenhum risco para a partida do país no dia 17 de novembro. É uma decisão que honra a confiança e a colaboração entre o Paris Saint-Germain e a equipe da Seleção", lê-se no comunicado oficial do site do time parisiense.

Mais artigos abaixo

A intenção do corpo médico da seleção brasileira era recuperar Neymar para o duelo contra o Uruguai, que acontece na terça-feira (17). Porém, o médico Rodrigo Lasmar informou que não haveria "tempo hábil" para a recuperação do craque.

Entretanto, a possibilidade já foi descartada e agora, para alívio do atual campeão francês, o seu principal craque deve voltar e não correrá nenhum risco de lesão dentro de campo pela seleção brasileira.