Neymar é cortado da seleção brasileira para os jogos das Eliminatórias

A CBF informou, através de comunicado, o corte de Neymar para os jogos da seleção brasileira contra Venezuela (nesta sexta-feira, 13 de novembro) e Uruguai (terça, 17), válidos pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022. Segundo o comunicado, o jogador do PSG não conseguiu se recuperar de uma lesão muscular na perna esquerda.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Neymar já havia se apresentado à seleção em fase de tratamento da lesão, sofrida enquanto defendia o PSG em jogo válido pela Champions League. Apesar da discordância do clube francês em ver o seu grande astro viajando, enquanto acreditava que o repouso e recuperação seriam o melhor caminho ao invés de eventualmente correr o risco de agravar o problema, Neymar insistiu na tentativa de entrar em campo pela equipe de Tite.

Entretanto, depois de quatro dias de tratamento na Granja Comary, em Teresópolis, Neymar não mostrou uma evolução que fizesse o departamento médico acreditar na viabilidade de sua escalação contra os uruguaios.

“O jogador se apresentou na segunda-feira e, desde então, foi submetido a um trabalho intensivo de fisioterapia. Ele apresentou boa evolução, mas não suficiente para que estivesse disponível para o jogo contra o Uruguai. Hoje, ao chegarmos em São Paulo, nós já tínhamos um exame programado de ultrassonografia para acompanharmos a resposta da sua cicatrização", disse o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar.

Para o lugar de Neymar, Tite já havia chamado o atacante Pedro, do Flamengo, como substituto visando os dois últimos duelos do selecionado nacional neste ano de 2020.