Palmeiras atinge mais um recorde na Libertadores com vitória sobre o Emelec

Raphael Veiga, Palmeiras x Petrolero, Libertadores, 03/05/2022Cesar Greco/SE Palmeiras

O Palmeiras, mais uma vez, está fazendo história na Libertadores. Desta vez, na vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, com um gol da Danilo, o time comandado por Abel Ferreira igualou um recorde que antes pertencia ao River Plate.

Já classificado às oitavas de final da Libertadores, algo que conseguiu com certa antecedência, o Palmeiras, atual bicampeão do maior torneio de clubes da América Sul, agora apenas cumpre tabela na fase de grupos. Em um grupo considerado fácil, o Verdão tem aproveitado para fazer bons jogos e aplicar grandes goleadas, tanto é que chegou a uma marca impressionante.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

A vitória magra desta quinta rodada foi suficiente para que o Palmeiras igualasse o River Plate e se tornasse o time com mais gols na história da fase de grupos da Libertadores. Ao todo, cada uma das equipes balançou as redes 21 vezes, sendo que os argentinos conquistaram este feito em 2020, sob comando de Marcelo Gallardo, no ano em que acabou com um título justamente do Verdão. Além dos marcados, o Alviverde sofreu apenas dois tentos contra sua meta, resultando em um incrível saldo de 19 gols.

Mais artigos abaixo

Mais impressionante ainda foi que o Palmeiras atingiu o feito utilizando um time misto nesta primeira fase da Libertadores, principalmente desde que se garantiu no mata-mata. No entanto, mesmo sem usar os considerados titulares em todos os jogos, o Verdão passeou em várias partidas.

Antes do 1 a 0 sobre o Emelec nesta quarta-feira (18), o Verdão, que segue com 100% de aproveitamento na competição, havia vencido o Deportivo Táchira por 4 a 0 na Venezuela, o Independiente Petrolero por 8 a 1 em São Paulo, além de ter feito 3 a 1 no Emelec no Equador e 5 a 0 no Independiente Petrolero na Bolívia.

Agora, o Verdão ainda tem mais um compromisso nesta fase de grupos, diante do Deportivo Táchira, em casa, na próxima terça-feira (24). E o jogo é uma boa oportunidade para que o Alviverde ultrapasse o River e se isole como time que mais marcou gols na primeira fase da Libertadores na história.