Notícias Placares ao vivo
Flamengo

O que Gabigol precisa para ser artilheiro recordista do Brasileirão?

19:07 BRST 27/11/2019
Gabigol Grêmio Flamengo Brasileirão 17 11 2019
Jogador do Flamengo pode se tornar o maior artilheiro da era de pontos corridos da competição; formato teve início em 2006

Expulso contra o Grêmio, Gabigol não entra em campo para encarar o Ceará logo mais, às 21h30 (Brasília), em partida que marcará a entrega da taça de campeão brasileiro 2019 ao Flamengo. Artilheiro do Brasileirão com 22 gols, o atacante ainda tem chances de tornar-se o maior goleador de uma edição disputada no formato de pontos corridos, caso alcance a marca de 24 tentos até 08 de dezembro, data do último jogo do Rubro-Negro no torneio.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

Campeão com quatro rodadas de antecedência, a equipe carioca encara, respectivamente, Palmeiras, Avaí e Santos nas últimas partidas do nacional. Ausente do jogo desta quarta-feira (27), no Maracanã, Gabigol tem no calendário de 2019 possíveis três duelos na Série A para quebrar o recorde da competição. 

Apesar dos números e atuações nesta temporada, o jogador não é presença garantida para os embates citados acima, uma vez que a comissão técnica do Flamengo pretende usar as partidas finais como “treinamento” para o Mundial Interclubes, o qual será disputado em dezembro. A ideia é seguir recriando o time titular que venceu o River Plate na Libertadores no último sábado (23), em Lima, no Peru. No entanto, uma avaliação física ainda será feita com o grupo para saber quem estará à disposição.

Contra o Ceará, Gabigol acompanhará das arquibancadas um time misto do Flamengo que deverá entrar em campo com apenas dois titulares, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro. Ainda assim, o atacante Rubro-Negro não precisará se preocupar acerca do primeiro lugar na artilharia. Com quatro gols de diferença para o segundo colocado, Bruno Henrique, companheiro de equipe, o camisa 9 igualou-se a Zico como o maior artilheiro do Flamengo em uma edição de Brasileiro. Maior ídolo da história do time carioca, Zico atingiu a marca de 21 gols em 1980 e 1982, anos do primeiro e segundo título brasileiro do clube.

O faro de gol de Gabriel o fez entrar para a história do Flamengo e poderá colocá-lo de vez na lista dos maiores artilheiros do Campeonato Brasileiro na era de pontos corridos. Nos três duelos restante para o Rubro-Negro, o atacante precisa balançar a rede apenas uma vez para se igualar a Jonas e Borges, ambos com 23 gols, e primeiros no ranking dos goleadores em pontos corridos.

Na edição de 2010, o Grêmio ficou em quarto lugar na tabela e Jonas, atleta do Tricolor Gaúcho na época, foi o artilheiro daquele ano com 23 gols. Na temporada seguintes, Borges consagrou-se artilheiro do Brasileirão vestindo a camisa do Santos com os mesmos 23 tentos.

Ranking dos artilheiros da era de pontos corridos:

POSIÇÃO JOGADOR TIME ANO GOLS
Borges Santos 2011 23
Jonas Grêmio 2010 23
Gabigol Flamengo 2019 22
Washington Fluminense 2008 21
Keirrison Coritiba 2008 21
Kléber Pereira Santos 2008 21
Éderson Athletico-PR 2013 21
Fred Fluminense 2012 20
Ricardo Oliveira Santos 2015 20
Josiel Paraná 2007 20
Diego Tardelli Atlético-MG 2009 19
Adriano Flamengo 2009 19
Fred Fluminense 2014 18
Corinthians 2017 18
Henrique Dourado Fluminense 2017 18
Gabigol Santos 2018 18
Souza Goiás 2006 17
Fred Atlétic-MG e Fluminense 2016 14
William Pottker Ponte Preta 2016 14
Diego Souza Sport 2016 14

Já em terceiro lugar como o maior goleador do formato de pontos corridos, apenas dois gols separaram Gabigol do topo do ranking. O atacante superou a própria marca de 2018 na qual balançou as redes por 18 vezes com a camisa do Santos.