Notícias Placares ao vivo
Superliga Argentina

Maradona deixa Gimnasia após histeria, choro e briga política

16:51 BRST 19/11/2019
Diego Maradona Gimnasia Estudiantes Fecha 12 Superliga
O grande ídolo do futebol argentino ficou apenas dois meses na equipe de La Plata

Diego Maradona foi anunciado como treinador do Gimnasia y Esgrima de La Plata em setembro deste ano, depois de uma temporada na segunda divisão mexicana com o Dorados, e desde cedo a relação parecia de amor à primeira vista: o clube viu aumentar consideravelmente seu número de sócios-torcedores, vendeu peças personalizadas do grande ídolo do país e criou até um mascote especial para El Pibe. Mas tudo não passou de uma rápida paixão e, após dois meses, Diego não é mais técnico do time.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

A motivação para descontinuidade foi política. Atual presidente do clube, Gabriel Pellegrino, decidiu não tentar a reeleição para o pleito agendado para este sábado (23). Maradona, então, pediu demissão.

Ex-namorada do técnico e diretora esportiva do time feminino do Gimnasia, Rocio Oliva já havia dito ao Fox Sports da Argentina que o Maradona dificilmente seguiria sem ter Pellegrino na cadeira principal do clube.

“Diego é assim: ‘eu vim contigo e vou embora contigo’. Então ele provavelmente vai deixar o Gimnasia. O presidente Pellegrino foi o único que o chamou para treinar um time”.

Nesta terça-feira (19), em declarações à La Red, Pellegrino confirmou a saída de Maradona e de outros membros da comissão técnica.

“Maradona já não é mais o treinador do Gimnasia. Méndez, Adrián González e o resto da comissão técnica também não seguirão”.

Muitas derrotas, homenagens e vitória marcante

Newells homenageia Maradona antes de perder por 4 a 0 (Foto: Getty Images)

Em oito jogos disputados, o time de Diego Maradona sofreu cinco derrotas e obteve apenas três vitórias. A mais emblemática foram os 4 a 0 fora de casa contra o Newell’s Old Boys, clube onde El Pibe teve passagem relâmpago nos anos 90. Antes de a bola rolar, Diego recebeu até um trono dos adversários e não escondeu a emoção - inclusive prometeu que imdia voltaria para treinar a equipe de Rosário.

Mas o trabalho de maneira geral foi ruim até mesmo dentro do histórico de Maradona como treinador. Com o time lutando contra o rebaixamento, o aproveitamento foi de somente 37.5%, o segundo pior do ídolo argentino na área técnica.

De forma sempre intensa, a passagem de Maradona pelo Gimnasia foi marcada pela histeria e emoção causadas por sua chegada e terminou graças à falta de entendimento nos setores políticos do clube.

Histórico de Maradona como treinador

CLUBES JOGOS VITÓRIAS EMPATES DERROTAS PONTOS %
MANDIYÚ DE CORRIENTES (1994) 12 1 6 5 8* 33,3
RACING CLUB DE AVELLANEDA (1995) 11 2 6 3 10* 45,4
ARGENTINA (2008-10) 24 18 0 6 54 75
AL-WASL (EMIRADOS ÁRABES) (2011-12) 23 11 3 9 36 52,1
AL-FUJAIRAH (EMIRADOS ÁRABES) (2017-18) 11 7 3 1 24 72,7
DORADOS DE SINALOA (MÉXICO) (2018-19) 35 18 10 7 64 60,9
GIMNASIA LA PLATA (2019) 8 3 0 5 9 37,5
TOTAL 124 60 28 36 205 58,7