Notícias Placares ao vivo
Neymar

Leonardo: "Nunca houve acordo entre Barcelona e PSG por Neymar"

19:37 BRT 30/08/2019
2019_8_28_Neymar
O dirigente do Paris Saint-Germain falou sobre a novela envolvendo a negociação do craque brasileiro

Enquanto o relógio corre para as horas finais da janela de transferência, Barcelona e PSG seguem em busca de um acordo por uma possível volta de Neymar ao Camp Nou - que, neste momento, parece cada vez mais distante. O brasileiro Leonardo, diretor de futebol dos parisienses, falou sobre a situação da negociação após a partida contra o Metz, nesta sexta-feira (30), pela Ligue 1.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

Os termos da transação podem incluir a inclusão de jogadores como parte do pagamento, como quer o Barça e acena positivamente o time francês, mas, neste momento, não há consenso sobre como o negócio pode ser fechado.

"Nossa posição foi sempre muito clara, sempre soubemos o que queremos. A primeira proposta por escrito chegou dia 27 (de agosto), cinco dias antes do fim da janela, o PSG até esteve aberto a incluir jogadores na operação, mas nunca chegamos a um acordo sobre o que queríamos", disse o dirigente. A equipe catalã já ofereceu diversos jogadores aos franceses, mas nenhuma proposta agradou. No Parque dos Príncipes, o pedido em dinheiro chega quase ao equivalente a R$ 1 bilhão.

"Está tudo nas mãos do Barcelona, faltam três dias para o encerramento do mercado e, hoje, não há acordo. Sempre estivemos abertos, mas estamos muito próximos do encerramento."

"A posição de Neymar foi sempre muito clara, a nossa também, se uma proposta satisfatória tivesse chegado ele poderia sair, mas não é o caso."

"Muitos clubes tinham os recursos para contratá-lo, essa é a verdade, queríamos substitutos e jogadores para completar o plantel. É um jogador extraordinário, eu não o conhecia pessoalmente mas, com o tempo, vi o cara legal que ele é. Mas é normal que queremos ter o melhor relacionamento possível com ele, e hoje não é o ideal.", finalizou.