Jorge Jesus quer transformar Vinicius Souza em 'novo Matic'

Comentários()
Treinador português está encantado com a força física, a visão de jogo e o poder de marcação do jovem volante

Jorge Jesus é reconhecido por tentar extrair o máximo dos seus jogadores. Hoje, Rodrigo Caio, Willian Arão, Arrascaeta e Vitinho são alguns dos exemplos mais visíveis. Mas há um atleta em especial que o treinador português encara como um tipo de "projeto particular": Vinicius Souza.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

Revelado no próprio Rubro-Negro, o jovem volante de 20 anos, sabe a Goal , passou a ser "moldado" com mais atenção pela comissão técnica nas últimas semanas. Jesus enxerga em Vinição, como é chamado pelos companheiros, traços do sérvio Nemanja Matic, hoje no Manchester United, com quem trabalhou por três temporadas no Benfica.

Em 2011, depois de um rápida passagem pelo Vitesse por empréstimo do Chelsea, Matic chegou ao clube português como "moeda de troca" no negócio envolvendo a transferência do zagueiro brasileiro David Luiz. Em 2014, curiosamente foi vendido para o próprio Chelsea, por aproximadamente 25 milhões de euros.

Na Luz, o sérvio inicialmente foi identificado como segundo volante, mas, aos poucos, mudou de posição por ordem de JJ. Passou a jogar como primeiro volante, com capacidade também de cumprir uma função de saída de jogo de qualidade. Cresceu de produção, ganhou notoriedade dentro do grupo e rapidamente assumiu o papel de "carregador de piano" nos encarnados.

Vinicius Souza, que foi pouco aproveitado por Abel Braga no primeiro semestre deste ano, tendo feito apenas um jogo oficial (contra o Vasco, em março, na final da Taça Rio), passou a integrar de vez o elenco rubro-negro depois da saída do colombiano Gustavo Cuéllar para Al Hilal. Desde então, Jorge Jesus tem participado efetivamente na evolução do jovem volante.

Mais artigos abaixo

Jesus, em conversas com pessoas próximas, admitiu mais de uma vez que está encantado com a personalidade de Vinição dentro de campo. Força física, visão de jogo e poder de marcação são as três características mais destacadas pelo português.

O reconhecimento pelo trabalho do jovem volante pôde ser visto, ainda que muito superficialmente, na última quinta-feira à noite, no Maracanã, na vitória do Flamengo por 3 a 1 em cima do Atlético-MG. Entrou nos minutos finais da partida, no lugar de Reinier, e pouco pegou na bola. Respaldado pela comissão técnica, vai ganhar cada vez mais oportunidades nos próximos jogos.

Fechar