Notícias Placares ao vivo
La Liga

Há 20 anos, Denilson foi Neymar, e Bétis foi PSG

19:45 BRT 28/08/2017
Denilson Real Betis
Atacante virou o jogador mais caro do mundo naquela época, mas teve passagem decepcionante pelo time espanhol

Há exatamente 20 anos, o atacante Denilson virou o jogador mais caro do mundo. Em uma transferência que pode ser comparada com a de Neymar para o Paris Saint-Germain, o atacante foi defender o Real Bétis.

O valor pago na época foi 5.300 milhões de pesos. Isso significa cerca de 32 milhões de euros, preço que hoje é muito baixo para jogadores de alto nível. Os laterais Danilo, do Manchester City, e Theo Hernandez, do Real Madrid, custaram esse valor na atual janela de transferências.

De qualquer forma, por ser um valor recorde na época, Denilson chegou ao Bétis sob muita expectativa. Ele ficou emprestado ao São Paulo por um ano e começou a jogar na Espanha em 1998, logo depois de ser vice-campeão da Copa do Mundo, após derrota do Brasil para França.

Os primeiros anos de Denilson no Bétis foram abaixo da média. Em 2000, o time chegou a ser rebaixado, então Denilson foi emprestado ao Flamengo. Quando voltou, finalmente conseguiu mostrar um bom futebol e até foi campeão da Copa do Rei, ao lado de Marcos Assunção e Ricardo Oliveira.

Essa boa fase o levou para a Copa de 2002. Ele foi reserva, mas teve atuação marcante contra a Turquia, na semifinal, e saiu com o título. Foi o grande momento da carreira de Denilson, mas depois disso ele entrou em declínio. 

O atacante foi para o Bordeaux, teve novas atuações abaixo da média e foi para centros alternativos, como Grécia e Vietnã. Em 2008, voltou para o Brasil, defendeu o Palmeiras e foi campeão paulista de 2008, tirando o time de um jejum de oito anos sem títulos. Este foi o último grande feito de um jogador que todos esperavam mais, principalmente por causa daquela transferência recorde.


VEJA TAMBÉM: