Notícias Placares ao vivo
Flamengo

Os jogos que tiraram Zé Ricardo do Flamengo

08:53 BRT 07/08/2017
Zé Ricardo Flamengo 20 07 2017
O treinador deixou o clube da Gávea após derrota para o Vitória, no último domingo (06)

Zé Ricardo não aguentou a pressão por um desempenho melhor à frente do Flamengo. O treinador, que era um dos mais longevos dentre os clubes que disputam a elite do nosso futebol, teve sua demissão anunciada na noite de domingo (06).

O comandante, que treinava os times da base até ser alçado ao cargo principal na Gávea, teve um 2016 seguro e animador. Entretanto, as coisas não seguiram muito bem em 2017. E com um elenco melhor. Ainda que tenha conquistado o Campeonato Carioca, o Flamengo caiu precocemente na Libertadores e vinha numa sequência de maus resultados.


VEJA TAMBÉM:


Abaixo, confira os jogos marcantes que ajudaram na queda de Zé Ricardo no Flamengo

U.CATÓLICA 1X0 FLAMENGO

(Foto: Getty Images)

Foi a primeira derrota rubro-negra no ano. À época, não representou tamanho baque: afinal de contas o Fla teve um grande domínio de jogo e o gol da vitória chilena, anotado por Santiago ‘El Tanque’ Silva, foi considerado uma obra do acaso.

ATLÉTICO-PR 2X1 FLAMENGO

(Foto: CR Flamengo)

Outro compromisso de Libertadores fora de casa, e mais uma vez a equipe que era treinada por Zé Ricardo saiu com a derrota. A partida foi equilibrada, e o Furacão só foi garantir os três pontos quando Felipe Gedoz fez o segundo gol. Pouco depois, Willian Arão descontou para o Fla... mas já era tarde demais.

SAN LORENZO 2X1 FLAMENGO

(Foto: Getty Images)

A grande decepção rubro-negra no ano. O Mais Querido dependia apenas de suas próprias forças, mas voltou a fraquejar fora de seus domínios. A campanha no Grupo 4 era boa, mas a chave mostrou grande equilíbrio. O Flamengo poderia ter avançado mesmo com a derrota, mas pesou o resultado da partida entre Atlético-PR e Universidad de Chile. A partir da eliminação, o tom das críticas mudou e nomes como Alex Muralha [goleiro] e Márcio Araújo [meio-campista] passaram a ser mais perseguidos.

FLAMENGO 0X1 GRÊMIO

(Foto: Gilvan de Souza/CR Flamengo)

Elenco mais valioso do Brasil, e com jogadores renomados, o Flamengo entrou no Brasileirão sonhando com o título. Justiça seja feita, durante boa parte da disputa sempre esteve nos lugares mais altos da tabela, mas a derrota em casa para o Grêmio marcou o início de uma grande queda.

O gol tricolor foi anotado por Luan, em jogada que deixou evidente o nervosismo dos jogadores no sistema defensivo. A partir de então, o Flamengo venceria apenas uma vez até a queda de Zé Ricardo.

SANTOS 3X2 FLAMENGO

(Foto: CR Flamengo)

A derrota anterior, por 4 a 2, serviu para classificar o Flamengo para as semifinais da Copa do Brasil. Mas deixou, pelo sufoco e circunstâncias, a desconfiança crescer ainda mais. No reencontro com o Peixe, já pelo Brasileirão, um novo revés representou outro baque.

FLAMENGO 0X2 VITÓRIA

(Foto: CR Flamengo)

O jogo derradeiro. Em casa, e contra um time da zona de rebaixamento. O roteiro foi o mesmo de outras vezes: time com um volume considerável de chances, mas atrapalhado pelo nervosismo e vencido facilmente nos avanços dos rivais.

EMPATES

Empate com o Palmeiras foi um exemplo negativo para o Fla (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)

Ainda que as derrotas, mais frequentes nos últimos meses, tenham pesado contra Zé Ricardo, o empate reflete muito bem a frustração rubro-negra. A equipe da Gávea foi a que mais vezes empatou no Brasileirão.