Flamengo atrasa pagamento de parcela da compra de Michael e Goiás não quer acordo

Esmeraldino esperava nesta segunda-feira (25) o depósito de 2,5 milhões de euros referentes à contratação do atacante

O Flamengo não depositou na conta do Goiás o pagamento de uma das parcelas referentes à compra de Michael. O Esmeraldino esperava o depósito de 2,5 milhões de euros (R$ 16,7 milhões na cotação atual) nesta segunda-feira (25), valor correspondente a um terço da cifra total (7,5 milhões de euros) combinada pela transferência do jogador, concluída em janeiro de 2020.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O Rubro-Negro carioca chegou a procurar o Goiás para negociar um novo prazo, o que não foi aceito pela diretoria do Esmeraldino, que segue aguardando o pagamento. 

Em contato com pessoas próximas ao clube de Goiânia, a Goal apurou que a diretoria já havia informado ao Flamengo que não aceitaria renegociar uma nova data para o pagamento de janeiro. Uma das fontes reforçou que, neste meio tempo, o time carioca ainda comprou o atacante Pedro por 14 milhões de euros e, por isso, não tem desculpas para não cumprir o que está no contrato. 

Mais artigos abaixo

O Goiás conta bastante com esse dinheiro para acertar as contas e reformular a equipe de olho na temporada 2021. Ainda mais em um momento no qual briga para não cair novamente à Série B do Brasileirão.

Sem conseguir repetir, no Rio, o mesmo sucesso da temporada passada pelo Goiás, Michael pode inclusive ser negociado pelo Flamengo, que tem propostas na mesa pelo atacante e também pelo zagueiro Léo Pereira.

Fechar