Felipão nega pedido de demissão do Palmeiras: “estou contente"

Comentários()
O treinador não quis comentar os protestos que parte dos torcedores fizeram, e vê com otimismo o futuro do time

Luiz Felipe Scolari negou qualquer possibilidade de deixar, neste momento, o comando do Palmeiras. Pouco antes do clássico contra o Corinthians, realizado neste domingo e que terminou empatado por um gol, surgiram notícias de que, por causa dos protestos em tom de ameaças feito por um setor da torcida - e que gerou repúdio oficial do clube . Felipão, contudo, garantiu que foram apenas boatos.

"Boatos. Então, está esclarecido. Quem cria deve ter algum interesse. Eu estou contente, tenho meu time para trabalhar, a comissão. Gosto do Palmeiras. Quem cria, responde para vocês. Eu não tenho nada para responder", disse em sua entrevista coletiva.

O treinador também mostrou otimismo em relação aos próximos jogos: “Hoje pela manhã, quando conversamos de novo com o grupo que ia sair jogando, vimos o foco que estavam. Se tivermos esse foco continuado, como foi antes da Copa América, nós vamos continuar muito bem e progredir ainda mais. Eu vejo esse progresso e acho que vamos melhorar ainda mais para os jogos futuros”.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

O resultado deixou o Palmeiras com 28 pontos, quatro a menos em relação ao líder Santos.

Fechar