Diego Costa quer jogar no Brasil, mas vê surgir interessados dos EUA

Diego Costa, Atletico Madrid 2020-21
Getty
São Paulo é hoje o principal interessado no veterano atacante, que, por sua vez, já estuda uma redução na pedida salarial

Diego Costa quer jogar no Brasil e, segundo a Goal apurou, está disposto até a reduzir a pedida salarial, hoje na casa dos 3 milhões de euros (quase R$ 20 milhões) por temporada. Neste momento, no futebol brasileiro, o principal interessado é o São Paulo, com quem o veterano atacante abriu conversas na semana passada .

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Além do alto valor da negociação, que inclui ainda bônus por assinatura de contrato, o grande obstáculo do Tricolor na disputa é o recente surgimento de dois fortes interessados dos Estados Unidos. Ambos os clubes da MLS, inclusive, planejam a oficialização de propostas já nesta semana.

Livre no mercado desde que rescindiu com o Atlético de Madrid, em dezembro de 2020, Diego Costa, de 32 anos, também foi oferecido ao Palmeiras, que chegou a analisar a situação, mas, depois de um curto período de análise com a comissão técnica, decidiu esfriar as conversas. O colombiano Santos Borré, do River Plate, é o plano A de Abel Ferreira .

Mais artigos abaixo

Já o clube do Morumbi, apesar do planejamento de cortar gastos, sobretudo pensando na saída de alguns jogadores caros do elenco atual, quer um camisa 9 de peso para suprir a venda de Brenner e também presentear o novo treinador, o argentino Hernán Crespo.

Para o Velho Continente

Para os eventuais interessados na Europa, o valor colocado na mesa por Diego Costa gira em torno de 7 milhões de euros (R$ 46 milhões) limpos por temporada. A diferença na pedida salarial reforça o desejo do brasileiro naturalizado espanhol de atuar no país de origem.

Fechar