Diego Alves cita drama da renovação após título: "Era um desejo meu ficar no Flamengo"

Goleiro foi destaque no título da Supercopa do Brasil, conquistado nos pênaltis contra o Palmeiras. Ceni citou importância do goleiro

O Flamengo venceu nos pênaltis o Palmeiras na decisão da Supercopa do Brasil, disputada no estádio Mané Garrincha neste domingo (11). Se um nome do time carioca pode ser citado como destaque na conquista, é o do goleiro Diego Alves.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Após ficar duas vezes a apenas uma cobrança de ser derrotado, o Flamengo viu o goleiro brilhar e pegar um total de três penalidades durante a disputa, que foram suficientes para que o rubro-negro levantasse a taça.

Ao final da partida, o experiente goleiro desabafou sobre o impasse na renovação de seu contrato, e aproveitou para agradecer ao técnico e ex-goleiro Rogério Ceni pela confiança, e ainda o chamou de “ídolo eterno”.

“Para mim em especial, porque passei por um momento conturbado. Isso vai para as pessoas que quiseram minha permanência, era um desejo meu ficar no Flamengo, muita gente fez muito esforço para eu continuar. Fico feliz de retribuir isso com esse título que esse grupo merece”, pontuou Diego.

O goleiro também lembrou que essa não é a primeira vez que ele defende muitas cobranças em uma disputa por pênaltis. Nos tempos de Espanha, o carioca chegou a pegar quatro penalidades em uma partida, mas tratou de minimizar o feito em relação ao título deste domingo.

“Sim, com toda humildade, em um torneio na Europa defendi quatro. Mas mais do que os pênaltis era o significado para a gente”, concluiu.

Ceni, que conquistou o primeiro título de sua carreira em uma disputa por pênaltis, também comentou a importância do experiente Diego Alves, citando seu valor no elenco:

“Em dezembro o Diego estava para sair do Flamengo, e eu sei o valor da experiência de um goleiro aos 35 anos, o que ele pode acrescentar não só com defesas, mas com diálogo e comunicação. Sobre os pênaltis, é mais fácil estar debaixo das traves como treinador, mas é 100% mérito dele”, completou o treinador.

Fechar