Derrotado em Old Trafford, United de Solskjaer vê Arsenal derrubar marca do auge da era Ferguson

Comentários()
Diabos Vermelhos perderam mais um jogo em casa na Premier League no dia que Solskjaer compelta 100 partidas como técnico da equipe

A tarde desse domingo (1) reservou um dos jogos mais esperados dos últimos dias da Premier League. O Manchester United recebeu o Arsenal, no Old Trafford, e foi derrotado pelos Gunners, por 1 a 0, em uma partida morna e com pouca emoção. Desde o começo da temporada 2020/21, o United ainda não venceu em casa na Premier League e aquela imagem de um clube forte em seus domínios vai ficando cada vez mais distante.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

É verdade que o United chegou para esse duelo com o Arsenal vindo de uma grande goleada por 5 a 0 sobre o RB Leipzig no meio da semana, pela Champions League. Porém, durante mais uma semana, o time comandado por Solskjaer repete essa forma 'bipolar', pois vai bem na competição continental e pena no torneio nacional. É uma derrota melancólica em um dia triste para os fãs do Manchester United, já que Bobby Charlton foi diagnosticado com demência.

O Manchester United jogou quatro partidas no Old Trafford pela Premier League nessa temporada. Foram três derrotas (para Crystal Palace, Tottenham e Arsenal), além de um empate (contra o Chelsea). Fora de casa, curiosamente, o time de Solskjaer se mantém o aproveitamento de 100% no campeonato inglês, pois venceu o o Brighton e o Newcastle.

Dessa forma, o Old Trafford, também conhecido como Teatro dos Sonhos, não vem sendo mais o alçapão que era. A última vitória do Arsenal na casa do United tinha sido em 2006, em um dos momentos de domínio do United de Alex Ferguson na Inglaterra. Com essa vitória, o Arsenal e Arteta ganham mais confiança na competição e relegam o Manchester a posições perto da zona da degola.

Com atuações diferentes em cada um dos campeonatos que participa, os Diabos Vermelhos passam longe daquilo que transformou o clube de Manchester em uma verdadeira máquina de títulos: o foco nas competições nacionais.

Durante os 26 anos de Ferguson à frente do Manchester United, o time conquistou duas vezes a Champions League, mas se tornou praticamente soberano na Inglaterra ao conquistar 13 troféus da Premier League, além de cinco FA Cup e quatro Copas da Liga inglesa.

Mais artigos abaixo

Além disso, o Manchester United de Ferguson sempre foi conhecido por brigar e buscar o resultado até o final. O famoso 'Fergie Time', se caracterizou pelos muitos gols marcados nos acréscimos das partidas e que garantiam pontos e vitórias importantes, mesmo sem grandes atuações nos 90 minutos.

Parecido, ou não, com o time de Ferguson, a verdade é que esse Manchester United de Solskjaer parece distante de qualquer flerte que seja com o protagonismo que até algum tempo atrás sobrava nos Red Devils.

Fechar