Coutinho mais R$ 430 milhões: o plano do Barcelona para comprar Neymar do PSG

Comentários()
Getty
Clube catalão estuda incluir o atacante brasileiro no negócio para alcançar a marca exigida pelo PSG

O Barcelona já tem um plano definido para pagar pelos 250 milhões de euros (R$ 1 bilhão) que o PSG quer por Neymar, apurou a Goal na Espanha.

O clube espanhol, que ainda não se pronunciou oficialmente sobre um possível retorno do atacante, estaria disposto a pagar 100 milhões de euros em dinheiro (R$ 434 milhões) e ceder Philippe Coutinho, cujo valor estimado de mercado é de 150 milhões de euros, aos franceses.

QUER VER JOGOS AO VIVO OU QUANDO QUISER? ACESSE O DAZN E TESTE O SERVIÇO POR UM MÊS GRÁTIS!

Segundo o Le Parisien, por outro lado, dirigentes do PSG dizem que o camisa 10 só deixará a capital francesa por 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,3 bilhão), quase 100 milhões de euros a mais que o valor que foi comprado do clube catalão em 2017. Isso exigiria do Barcelona enviar mais dinheiro ou jogadores.

Nos últimos dias foi especulado que o Barcelona planejava mandar o trio Samuel Umtiti, Ivan Rakitic e Ousmanne Dembelé por Neymar. O zagueiro francês é o principal candidato a ser incluído no negócio.

Segundo a apuração da Goal, o presidente do Barça Josep Maria Bartomeu teria colocado Coutinho na mesa de negociação por saber do interesse do PSG no atacante. Fontes próximas do clube dizem que o negócio está avançando.

Como publicado pela Goal na última semana o caminho para o retorno de Neymar, porém, passa por outras dificuldades: o jogador deverá pedir desculpas pela forma em que deixou o clube, reduzir seu salário e retirar um processo que tem contra o Barcelona na Justiça.

Mais artigos abaixo

Segundo o jornal Mundo Deportivo, o brasileiro já teria dito ao dono do PSG, Nasser Al-Khelaifi, que gostaria de "voltar para casa, de onde nunca deveria ter saído", em referência ao Barcelona.

O atacante brasileiro teria enviado o recado antes das entrevistas que Al-Khelaifi deu nas últimas semanas. Em tom agressivo, o cartola mandou diversos recados a Neymar dizendo que ele "não havia sido obrigado a assinar" com o PSG e que não aceitaria mais o "comportamento de estrelas" no clube.

Fechar