Com metas agressivas, Flamengo assusta empresas interessadas em patrocínio

Rubro-Negro aumenta valores estipulados no orçamento e pede mais de R$ 20 milhões entre costas e mangas da camisa de jogo

O Flamengo definiu metas agressivas para a temporada 2021. Se no futebol o Rubro-Negro estipula chegar ao menos nas semifinais da Copa Libertadores e Copa do Brasil, além de um segundo lugar no Campeonato Brasileiro, fora de campo, na busca por patrocínios, a diretoria também é bem exigente. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O problema, no entanto, é que os valores pedidos têm assustado potenciais interessados. Recentemente, duas empresas consultaram as cifras para estampar suas respectivas marcas na parte de trás do uniforme de jogo, mas ouviram que o Flamengo deseja R$ 12 milhões por um ano de contrato. 

O espaço está vago desde o final de fevereiro, quando a MRV encerrou a parceria com o Flamengo, tendo avisado há dois meses que não renovaria o acordo. Há um temor de que se repita o mesmo que vem acontecendo com a manga da camisa, que está vaga desde o meio de 2020. 

Mais artigos abaixo

Na ocasião, a Buser era a parceira que estampava a marca no espaço por cerca R$ 3 milhões de reais. Segundo o Globoesporte.com, o Flamengo pede agora R$ 10 milhões pela manga da camisa. 

No total, o Flamengo estipulou, no orçamento de 2021, faturar R$ 149 milhões nesta temporada, o que representa um aumento de R$ 40 milhões em relação a 2020. Vale ressaltar que, nestes valores, também estão inclusos os patrocínios incentivados dos esportes olímpicos e não apenas as cifras do futebol. 

Fechar