Julen Lopetegui é demitido da Espanha a dois dias da estreia na Copa do Mundo

Última atualização
Comentários()
Getty Images
O treinador foi anunciado como novo comandante do Real Madrid, em acerto que não contou com o aceno da seleção

O técnico da seleção espanhola e futuro comandante do Real Madrid, Julen Lopetegui, foi o escolhido para conceder entrevista nesta quarta-feira (13). Entretanto, o clima de tensão causado pelo seu anúncio com o Real Madrid acabou levando a coletiva para rumos diferentes.

Presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales foi quem sentou perante a imprensa para fazer um anúncio chocante a dois dias da Copa: Lopetegui não será mais o comandante da ‘Roja’ no Mundial.

O motivo da demissão foi a postura do treinador durante as negociações. Lopetegui noticiou a Federação Espanhola de seu acerto com o clube madridista apenas momentos antes de o Real Madrid anunciar oficialmente. Os jogadores tentaram evitar a demissão do comandante, mas pesou a decisão de Rubiales, que explicou todos os motivos de sua decisão e mantém a fé de uma boa campanha na Copa. O substituto ainda não foi definido. Confira abaixo o que disse Rubiales em sua entrevista.

“Agradecemos ao Julen [Lopetegui] por tudo o que ele fez, já que é um dos grandes responsáveis por estarmos aqui na Rússia. Mas nos vemos obrigados a demiti-lo. É preciso que exista uma mensagem clara para todos os trabalhadores da Federação Espanhola de que existem formas de atuar que precisamos cumprir”.

Julen Lopetegui GFX

"Eu não me sinto traído, o problema foi como foram feito as coisas: com ausência total da Federação Espanhola de Futebol. Não podemos ignorar isso", seguiu Rubiales.

"Conversei com os jogadores, eles me receberam muito bem e vão fazer todo o possível junto ao novo corpo técnico para ganhar o Mundial (...) Ganhar é muito importante, mas existem coisas mais importantes ainda, como a forma de trabalhar. Por isso, ainda que Lopetegui seja um grande treinador, fomos obrigados a tomar esta decisão".

"Independente do que acontecer, sei que existirão críticas. Estamos todos machucados. Eu dei as explicações para os jogadores, e ele estão muito concentrados e transmitiram compromisso máximo", garantiu.

A Espanha estreia na Copa do Mundo em jogo contra Portugal, na próxima sexta-feira (15).

Próximo artigo:
Manchester City: Guardiola elogia Sterling e exige tolerância zero com racismo
Próximo artigo:
Onde vai passar o jogo do Nice contra o Saint-Etienne, pela Ligue 1?
Próximo artigo:
Gols de Bale são garantias de vitórias do Real Madrid
Próximo artigo:
Nice x Saint-Etienne AO VIVO e DE GRAÇA! Assista aqui com DAZN e Goal
Próximo artigo:
Messi conversa com representantes da Seleção Argentina para acertar seu retorno
Fechar