Athletico longe da Arena: como é o retrospecto em finais?

Comentários()
Miguel Locatelli/Athletico PR
Internacional e Athletico-PR disputam duelo de volta da final da Copa do Brasil 2019 no Beira-Rio; paranaenses acumulam conquistas e frustrações

Após o término das semifinais da Copa do Brasil na última quarta-feira (04), Internacional e Athletico-PR garantiram vaga à final do torneio. Com os finalistas já decididos, a CBF realizou nesta quinta-feira (05), o sorteio do mando de campo para os jogos da decisão e a partida de ida será em Curitiba, na Arena da Baixada, já na próxima quarta-feira.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

A lembrança de disputar a primeira partida das finais em casa não traz boas recordações ao torcedor athleticano. Na final da Copa do Brasil de 2013, o Athletico jogou a volta no Maracanã e, depois do empate por 1 a 1 na Vila Capanema, não conseguiu segurar o Flamengo e perdeu por 3 a 1. Esta foi a melhor campanha do clube na competição.

Desconsiderando o Campeonato Paranaense, que o clube já venceu 25 vezes, como é o retrospecto do Athletico em finais fora de casa?


Athletico fora de casa na final da Libertadores


O time de Curitiba chegou uma vez apenas na final da Libertadores, em 2005. A decisão ficou marcada pela polêmica que São Paulo e Conmebol não aceitaram jogar na Arena da Baixada, que tinha capacidade menor a de 40 mil pessoas. O primeiro jogo, então, foi realocado para o Beira-Rio. A partida terminou 1 a 1.

Já no Morumbi, o São Paulo não deu chances ao Athletico e goleou por 4 a 0. O Athetico até teve a oportunidade de empatar o jogo com um pênalti quando ainda estava 1 a 0 para os paulistas, mas Fabrício desperdiçou a cobrança.


Athletico fora de casa na final da Sul-Americana


Antes de conquistar seu primeiro título continental, o Athletico jogou a primeira partida da final da Sul-Americana de 2018 na Colômbia, contra o Junior Barranquilla.

O time de Tiago Nunes até conseguiu sair na frente no placar, com gol de Pablo aos 5 minutos do segundo tempo. Mas somente 2 minutos depois o empate dos colombianos veio com gol de Yony González (hoje no Fluminense).


Athletico fora de casa na final da Recopa Sul-Americana


Depois da vitória por 1 a 0 na Arena da Baixada, o Athletico foi até o Monumental de Núñez para tentar segurar a vantagem e mais um título inédito. Mas o River Plate fez valer o seu mando de campo e conseguiu vencer o time de Curitiba por 3 a 0. Foi a única participação do Athletico nesta competição.


Athletico fora de casa na final do Brasileirão


Ainda quando o Campeonato Brasileiro era disputado em mata-mata, o Athletico conseguiu chegar em apenas uma final. Em 2001, o clube decidiu a final contra o São Caetano, uma das finais mais inusitadas do futebol brasileiro.

O primeiro jogo foi em Curitiba e com um show de Alex Mineiro, o Athletico venceu por 4 a 2. Na volta, no Anacleto Campanella absolutamente lotado, os paranaenses voltaram a vencer novamente com gol de Alex Mineiro para assegurar o primeiro - e único - título nacional da história do clube.

Atlético PR Campeão 2001


Athletico fora de casa na final da Copa do Brasil


A Arena da Baixada passava por reformas quando o Athletico chegou na final da Copa do Brasil pela primeira vez. O primeiro jogo, com mando dos athleticanos, foi disputado no estádio do Paraná Clube e terminou empatado por 1 a 1 contra o Flamengo.

No jogo de volta, o Athletico segurou a pressão flamenguista até os 42 minutos do segundo tempo, quando Elias fez o primeiro gol dos cariocas. Hernane ainda ampliou o placar e o Flamengo se sagrou campeão naquela oportunidade.

Atlético PR, Copa do Brasil 2013 final

Fechar