Artilheiro no Atlético de Madrid, Luis Suárez pode superar marca de Cristiano Ronaldo em La Liga

O uruguaio vem fazendo excelente temporada de estreia nos Colchoneros

Já é possível dizer que a primeira temporada de Luis Suárez no Atlético de Madrid vem superando todas as expectativas. Contratado para substituir um Diego Costa que não rende mais o que estava habituado a jogar, o uruguaio vem fazendo exibições de gala - nesta segunda-feira (8), por exemplo, marcou duas vezes contra o Celta de Eduardo Coudet - e é uma das grandes razões pela qual os Colchoneros estão na liderança da La Liga.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Agora, além de uma possível conquista do Campeonato Espanhol, já que o Atleti é o grande favorito de momento para sair com o título, o centroavante já começa a se debruçar sobre o livro de recordes após seu começo arrebatador.

Segundo dados do estatístico Mister Chip, Suárez se juntou a uma lista seleta de sete jogadores que marcaram mais de 16 gols em seus primeiros 17 jogos por um time espanhol na La Liga. Marca que o uruguaio não conseguiu realizar no Barcelona e que ultrapassou em sua segunda oportunidade, agora no Atlético de Madrid.

Luis Suarez Atletico Madrid 2020-21

Os únicos atletas que conseguiram alcançar tal marca em suas primeiras temporadas por determinados clubes foram Cruyff (Barcelona, em 1974-75), Krankl (Barcelona, em 1979-80), Baltazar (Atlético de Madrid, em 1988-89), Bebeto (Deportivo La Coruña, em 1993-94), Romário (Barcelona, em 1994-95), Vieri (Atlético de Madrid, em 1998-99) e, agora, Luis Suárez (Atlético de Madrid, em 2020-21).

Uma ausência importante na lista é Cristiano Ronaldo. Por mais que o português tenha tido uma grande temporada de estreia na La Liga pelo Real Madrid, o astro marcou apenas 15 gols em seus primeiros 17 jogos pelos merengues no Campeonato Espanhol e já foi ultrapassado pelo uruguaio. Nada mal para um atleta praticamente "dispensado" do Barcelona, já que os catalães acreditavam que ele estaria em declínio.

Agora, a próxima meta é superar os adversários e levar o troféu Pichichi, dado ao maior artilheiro do ano na La Liga, para casa. Se continuar no mesmo ritmo, poderia até se tornar o segundo maior goleador em seu ano de estreia por um clube específico na La Liga.

Atualmente com 16 gols em 17 jogos, se Suárez seguir no mesmo ritmo até o final da temporada, terminaria o ano com 30 gols em 32 partidas - considerando que ele desfalcaria o Atleti nos mesmos três confrontos que perdeu no primeiro turno. Se não desfalcar o time em mais nenhum duelo, chegaria a 33 gols em 35 partidas. O suficiente para bater CR7 com facilidade em sua temporada de estreia pelo Real e se colocar no meio de vários ídolos:

  • Baltazar - 35 gols / 36 j
  • Romário - 30 gols / 33 j
  • Krankl - 29 gols / 30 j
  • Bebeto - 29 gols / 37 j
  • CR7 - 26 gols / 29 j
  • Vieri - 24 gols / 24 j
  • Suárez - 16 gols / 17 j
  • Cruyff - 16 gols / 26 j

Querendo recordes, mas também o título da La Liga, Luis Suárez e o Atlético de Madrid voltam aos gramados neste próximo sábado (13), às 10h (de Brasília), diante do Granada, pela 23ª rodada do Campeonato Espanhol.

Fechar