Todos contra Bonucci; criticar vítima de racismo custou caro à imagem do zagueiro

Comentários()
Getty/Goal
Jogador da Juventus culpou o companheiro Moise Kean pelos insultos racistas que recebeu; Thuram, Sterling, Balotelli e outros responderam

O zagueiro Bonucci, da Juventus, tem sido alvo de inúmeras críticas em todo o mundo do futebol desde que se pronunciou sobre o caso de racismo sofrido pelo seu companheiro de time Moise Kean em partida contra o Cagliari pelo Campeonato Italiano.

Segundo ele, Kean não deveria ter comemorado seu gol encarando a torcida que o ofendia e que, portanto, a culpa pelo caso era "50-50", dividida entre Kean e os torcedores.

A declaração não pegou bem, veja as principais respostas:

Lilian Thuram

"Bonucci disse o que muitos pensam, que os negros merecem tudo o que acontece com eles. É como quando uma mulher é estuprada e falam da roupa que ela estava usando".

Yaya Touré

"Bonucci deveria se desculpar com Moise Kean e com as pessoas. Ele precisa ser um pouco mais inteligente e entender que a situação é complicada. Se ele fosse meu companheiro de time ele iria me ouvir hoje".

Mario Balotelli

"Ele (Bonucci) tem sorte que eu não estava lá. Às vezes é melhor ficar em silêncio"

Raheem Sterling

"A culpa é 50-50, Bonucci? Tudo que eu posso fazer é rir"

Kevin-Prince Boateng

O alemão publicou em seu Instagram uma imagem com o nome de Bonucci e três emojis fazendo sinal para que o zagueiro fique calado.

Memphis Depay

"Estou decepcionado com sua atitude como capitão da Juventus. O garoto pode comemorar como quiser. Seu papel é essencial na equipe e ele joga com muito orgulho por seu país, a Itália. Ele deve ser respeitado por isso. Nós não vamos ficar quietos!"

Borussia Dortmund

O time alemão publicou no Twitter uma foto de Bonucci sendo driblado por Marco Reus, atacante do Dortmund, e na legenda colocou o emoji de um macaco.

Resposta de Bonucci

Em resposta às críticas, Bonucci publicou uma declaração onde diz que foi "mal interpretado" e que "condena todas as formas de racismo e discriminação". No Instagram ele postou uma foto sua ao lado de Moise Kean dizendo "não ao racismo".

Fechar