Shakhtar Donetsk quer pelo menos 20 milhões de euros para vender Ismaily

Comentários()
Valorizado com a presença na Seleção Brasileira, lateral-esquerdo recebeu sondagens de clubes da China e Inglaterra

O Shakhtar Donetsk recebeu na última semana duas consultas por Ismaily. O Blog Ora Bolas apurou que um clube da China e outro da Inglaterra manifestaram interesse na contratação do lateral-esquerdo brasileiro, mas se assustaram com a pedida dos ucranianos, que, com dinheiro em caixa, não pretendem avançar com uma negociação: 20 milhões de euros (cerca de R$ 81,5 milhões).

Destaque defensivo do time comandado pelo português Paulo Fonseca, o ala de 28 anos ganhou maior visibilidade com a convocação para defender a Seleção Brasileira no fim de março - foi chamado para suprir a ausência do lesionado Alex Sandro, da Juventus, nos amistosos contra Rússia e Alemanha. Porém, não foi testado por Tite nas vitórias por 3 a 0 e 1 a 0, respecticamente.

No Shakhtar desde 2013, quando deixou o Braga, de Portugal, Ismaily tem contrato válido até junho de 2021. Em seis temporadas na Ucrânia, o jogador revelado pelo Ivinhema, modesto clube do Mato Grosso do Sul, tem sete títulos nacionais, entre eles três Ligas. Ao todo, são 124 jogos e 12 gols.

Fechar