São Paulo derrota o Vasco nos pênaltis e é tetracampeão da Copinha

Comentários()
Rubens Chiri/São Paulo FC
Tricolor levou a melhor nas penalidades máximas após empate em 2 a 2 no tempo normal

O São Paulo é tetracampeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. E a conquista veio em uma partida emocionante. Nesta sexta-feira (25), o Tricolor derrotou o Vasco na final do principal torneio de base do Brasil. Debaixo de forte chuva e um Pacaembu lotado, o clube do Morumbi venceu o rival nos pênaltis por 3 a 1 após empate em 2 a 2 no tempo normal. 

Jogando melhor que o Vasco, o São Paulo criou as principais chances de gol no primeiro tempo e foi para o intervalo em vantagem graças a gol de cabeça do artilheiro da Copinha, Gabriel Novaes após cruzamento de Antony. Foi o décimo gol do centroavante no torneio.

Antony São Paulo Vasco campeão Copinha 25012019
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

No início do segundo tempo, o São Paulo ampliou com Antony, que ganhou na corrida do marcador, invadiu a área e bateu forte para o fundo da rede. Depois disso, o Vasco acordou e passou a criar perigo ao gol de Thiago Couto. Aos 30 minutos, em cobrança de falta, Luas Santos descontou. Oito minutos depois, Tiago Reis recebeu cruzamento dentro da área, matou no peito e bateu para deixar tudo igual e levar a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades, melhor para o São Paulo, que converteu três das suas quatro cobranças contra apenas um acerto do Vasco.

Com o quarto título conquistado, o São Paulo se igualou ao Flamengo no ranking de maiores campeões do torneio. À frente deles estão o Fluminense, com cinco títulos, e o Corinthians, com dez.

Com o resultado, o São Paulo chegou ao seu quarto título da Copinha em 11 finais disputadas. Desta forma, o clube se igualou ao Flamengo e Internacional como tetracampeões do torneio. À frente deles estão apenas o Fluminense, com cinco conquistas, e Corinthians, com dez. A partida também marcou a vingança do Tricolor, uma vez que na final da edição de 1992 do torneio o Vasco acabou levando a melhor.

Destaque do Tricolor na 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Gabriel Novaes encerrou o campeonato como artilheiro, com dez gols marcados. Desses, seis foram assistidos por Antony, um dos garçons da equipe ao lado de Rodrigo Nestor.

Fechar