Salah, Mané e Aubameyang fazem história: trio africano domina artilharia da Premier League

Comentários()
Getty/Goal composite
Até esta temporada apenas dois africanos haviam sido os maiores goleadores de uma temporada do Campeonato Inglês

O atacante Mohamed Salah entrou na última rodada da Premier League como artilheiro da competição com 22 gols e favorito à chuteira de ouro. Mas 90 minutos depois o prêmio tinha três donos: com dois gols na rodada, Sadio Mané, companheiro de Salah no Liverpool, e Pierre Aubameyang, do Arsenal, se igualaram ao egípcio.

Além do total de gols, o trio de goleadores tem outra coisa em comum: a África. Salah é do Egito, Mané é de Senegal e Aubameyang é natural do Gabão. Até hoje, apenas dois jogadores do continente africano haviam conseguido vencer a chuteira de ouro do futebol inglês: o próprio Salah no ano passado e Didier Drogba, da Costa do Marfim, em 2006-07 e 2009-10.

QUER VER JOGOS AO VIVO OU QUANDO QUISER? ACESSE O DAZN E TESTE O SERVIÇO POR UM MÊS GRÁTIS!

Essa foi a terceira vez na história da Premier League que três jogadores dividiram a artilharia. Na temporada 1997-98, Michael Owen, Chris Sutton e Dion Dublin empataram com 18 gols. No ano seguinte, em 1998-99, novamente três jogadores empataram com 18 gols: Michael Owen, Dwight York e Jimmy Floyd Hasselbaink.

No empate africano deste ano, Salah se destaca por ter dado oito assistências além dos 22 gols. Mais que Mané, que deu uma assistência, e Aubameyang, que deu quatro, juntos.

Mais artigos abaixo

Por outro lado, o gabonês se destaca pelo aproveitamento: fez 22 gols em 2.731 minutos em campo na temporada. Salah precisou de 3.256 minutos, enquanto Mané jogou 3.085.

O empate quase foi quádruplo. O argentino Sergio Agüero marcou 21 gols pelo campeão Manchester City ao longo desta temporada da Premier League.

Fechar