Vexame à vista? Rússia chega ao Mundial sem vitórias em 2018

Comentários()
JOHANN GRODER/AFP/Getty
País sede da Copa do Mundo fará o jogo de abertura e, apesar de sonhar com as oitavas de final, ainda não conseguiu uma vitória neste ano

No seu papel de anfitriã, a Rússia dará o pontapé inicial da Copa do Mundo 2018 nesta quinta-feira (14), às 12h (horário de Brasília), em um duelo contra a Arábia Saudita. O jogo em si não gera grandes expectativas, já que as duas equipes estão longe de serem consideradas favoritas - mas, no país sede do Mundial, existe uma grande expectativa quanto ao desempenho de sua seleção. 

Avançar às oitavas de final é considerado possível em um grupo com Uruguai, Arábia Saudita e Egito. No entanto, o retrospecto recente da seleção anfitriã não é nada animador.  

Em 2016, a seleção russa disputou a Euro na França, após garantir a sua classificação nas Eliminatórias da competição. Na estreia contra a Inglaterra, os russos conseguiram um bom empate em 1 a 1, animando a sua torcida para os próximos compromissos. No entanto, os dois jogos seguintes contra Eslováquia (1 a 2) e País de Gales (0 a 3) foram decepcionantes, e a seleção deixou a competição sem vencer um jogo sequer.  

Raheem Sterling, Igor Smolnikov, England vs Russia, Euro 2016 (Foto: Getty)

Em 2017, a equipe de Stanislav Cherchesov teve a oportunidade de disputar a Copa das Confederações em 2017 como país anfitrião, em uma espécie de teste para a Copa. Contudo, a seleção, mais uma vez, sequer passou da fase de grupos.  

Assim como na Euro 2016, a Rússia fez uma boa estreia e bateu a Nova Zelândia por 2 a 0. No entanto, acabou sendo batida na sequência por Portugal (1 a 0) e México (2 a 1), sendo eliminada na fase de grupos ao ficar em terceiro, frustrando mais uma vez o torcedor que, pela primeira vez, pôde acompanhar um torneio de seleções de perto.

Classificada para a Copa por ser país sede, a Rússia não precisou disputar as eliminatórias europeias e, por isso, focou em amistosos para fazer a sua preparação. Em 2018, foram quatro jogos disputados e nenhuma vitória (três derrotas e um empate).  

Apesar dos resultados ruins, os russos não evitaram confrontos contra equipes de média e grande tradição, o que foi um bom teste para a seleção de Stanislav Cherchesov. Os dois primeiros, disputados em março, duelos foram duros e um bom teste para os anfitriões: no primeiro, contra o Brasil, a Rússia até conseguiu segurar o time de Tite no primeiro tempo. Porém acabou sendo derrotada por 3 a 0 após um bom segundo tempo da seleção canarinho. Poucos dias depois encarou a França, também apontada como uma das favoritas para a Copa, e perdeu por 3 a 1.  

Russia Brazil (Foto: Getty)

Com o elenco já definido para o Mundial, a Rússia realizou seus últimos dois testes nas últimas semanas. Sem conseguir acertar sequer uma bola no gol da Áustria, acabou sendo derrotada por 1 a 0 no último dia 30 de maio. Uma semana depois (05), empatou com a Turquia em 1 a 1, após sair na frente no marcador em seu último teste antes da estreia no Mundial chegando ao torneio sem conseguir uma vitória em 2018.

Próximo artigo:
Jogador argentino desaparecido em provável acidente de avião; siga as notícias em tempo real
Próximo artigo:
Cruzeiro se encontra com representantes de Dodô e fica mais próximo de anunciar ex-lateral do Santos com reforço
Próximo artigo:
Sevilla encara o seu maior pesadelo: Lionel Messi
Próximo artigo:
Real Madrid estuda ceder James Rodriguez ao Tottenham para ter abatimento no custo de Eriksen
Próximo artigo:
Avião que levava jogador argentino ao seu novo clube desaparece na Europa
Fechar