Notícias Placares ao vivo
Transferências

Real, Barça, Atlético: os 10 times da Europa que mais gastaram em reforços

07:00 BRT 03/09/2019
Perkenalan Eden Hazard
A torcida do Real esperava uma revolução no elenco, mas isso custou caro aos cofres merengues

Um dia após o encerramento do mercado, a torcida do Real Madrid continua insatisfeita e queria mais reforços para a equipe de Zinedine Zidane. Ainda assim, o clube espanhol foi o que mais gastou nesta janela de transferências.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Ainda que a sensação por parte dos torcedores não seja a melhor, o clube já investiu 305 milhões de euros (mais de 1,4 bilhão de reais) nesta janela, o que faz do Real Madrid a equipe que mais gastou dinheiro para a atual temporada.

O Real é de longe quem mais gastou dinheiro, impulsionado pela contratação astronômica de Eden Hazard, por 100 milhões de euros. Porém, o reforço mais caro deste mercado foi do vizinho do Real, o Atlético de Madrid, que investiu 126 milhões de euros em João Félix, jóia portuguesa que estava no Benfica.

Além de ser quem mais gastou, o Real pouco vendeu e no balanço fica com um déficit. Este é outro motivo para que os diretores merengues tenham ficado tranquilos nestes últimos dias de janela. E é muito pouco provável que o clube venda Gareth Bale e James Rodríguez, jogadores cotados no início da janela para sair. Não chegaram ofertas interessantes e a decisão do clube foi mantê-los no elenco.

Clubes que mais gastaram nesta janela

Real Madrid

Gastos: 305,50 milhões de euros
Reforço mais caro: Eden Hazard (Chelsea) - 100 milhões de euros

Barcelona

Gastos: 255 milhões de euros
Reforço mais caro: Antoine Griezmann (Atlético de Madrid) - 120 milhões de euros

Atlético de Madrid

Gastos: 2470 milhões de euros
Reforço mais caro: João Félix (Benfica) - 126 milhões de euros

Juventus

Gastos: 192 milhões de euros
Reforço mais caro: Mathiijs De Ligt (Ajax) - 85 milhões de euros

Inter de Milão

Gastos: 170 milhões de euros
Reforço mais caro: Romelu Lukaku (Man. United) - 80 milhões de euros

Manchester City

Gastos: 168 milhões de euros
Reforço mais caro: Rodri (Atético de Madrid) - 70 milhões de euros

Manchester United

Gastos: 159 milhões de euros
Reforço mais caro: Harry Maguire (Leicester) - 87 milhões de euros

Sevilla

Gastos: 158 milhões de euros
Reforço mais caro: Jules Koundé (Bourdeax) - 25 milhões de euros

Arsenal

Gastos: 152,40 milhões de euros
Reforço mais caro: Nicolas Pépé (Lille) - 80 milhões de euros

Aston Villa

Gastos: 148,60 milhões de euros
Reforço mais caro: Wesley (Club Brugge) - 25 milhões de euros
Recebidos: -
Balanço: -148,60 milhões de euros

*Valores levantados pelo site Marca, da Espanha