Notícias Placares ao vivo
Copa do Mundo

Rápida e obediente taticamente, Senegal empolga no grupo H

13:00 BRT 22/06/2018
Senegal wins Poland
Equipe de Aliou Cisse teve sorte, mostrou esperteza e não se desesperou quando pressionada

Eles chegaram à Rússia sem receber muita atenção da mídia, sem alarde, mas transmitiram tranquilidade nos treinamentos e consciência da responsabilidade ao falarem do sonho de disputar uma Copa do Mundo por Senegal - apenas a segunda na história do país.

E com um técnico que já fez história com a camisa dos Leões - foi com a equipe até as quartas de final em 2002 -, Senegal passou de um dos times que "corria por fora" no grupo H da Copa do Mundo, à melhor seleção africana até o momento no Mundial, já que foi a única que venceu (ganhou da Polônia por 2 a 1) , além de uma grata surpresa de sua chave.

Apesar de contar com uma equipe forte e rápida, Senegal não tem um time dos mais técnicos. Mas na estreia contra a Polônia mostrou que é um time que obedece as táticas propostas pelo treinador Aliou Cisse.


(Foto: Getty Images)

Liderada por Sadio Mané, que a todo momento orientava os companheiros em campo, a seleção senegalesa contou com a sorte para abrir o placar com após chute de Gueye que desviou em Cionel. Mas também, diferentemente das demais seleções africanas, se revelou com uma certa malícia e esperteza que garantiram o resultado positivo contra a Polônia (2 a 1).

Ainda em contrapartida às demais equipes africanas, Senegal mostrou serenidade em campo e mesmo quando sofreu um gol já na reta final não caiu em desespero, e soube administrar o placar.

Claro que há aspectos que Aliou Cisse tem de corrigir em sua equipe para tentar repetir o feito que alcançou em 2002, mas é fato que a seleção de Senegal conseguiu "ganhar" os adoradores de futebol pelo seu brilho no olhar, vontade em campo e as costumeiras danças após um triunfo.

Ainda restam dois jogos e não se sabe até onde essa equipe vai. Porém, o desempenho na estreia fizeram com que Senegal passasse a ser vista com outros olhos e o respeito à equipe, com certeza, aumentou.

Senegal volta a campo contra o Japão, no domingo (24), às 12h (de Brasília), pela segunda rodada do grupo H.