Notícias Placares ao vivo
Neymar

Primeiro gol de Neymar faz 10 anos: como foi, adversário, assistência e mais detalhes

10:54 BRT 15/03/2019
Neymar Santos Atlético-MG 17102012
Goal Brasil relembra todos os detalhes do duelo com o Mogi Mirim que entrou para a história

15 de março de 2009. Essa é a data do primeiro gol de Neymar como jogador profissional. Jovem, então com 17 anos, o menino franzino iniciou o duelo com o Mogi Mirim, pelo Campeonato Paulista e balançou as redes pela primeira vez pela equipe principal.

Diante da data especial, a Goal Brasil relembra com detalhes as principais informações e mostra homenagens do dia. Confira!

Veja informações da partida!

JOGO Santos 3 x 0 Mogi Mirim
DATA Sexta-feira, 13 de março de 2009
LOCAL Pacaembu - São Paulo, Brasil
ÁRBITRO Márcio Roberto Soares

O JOGO



(Foto: Getty Images)

Em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Paulista, o Santos venceu o Mogi Mirim com gols de Ganso, Roni e Neymar, no Pacaembu. Todos os tentos foram marcados no segundo tempo.

Além do gol, o então jovem fez a sua estreia no time titular sob o comando de Vagner Mancini. Antes, já havia entrado durante as partidas contra o Oeste (primeiro jogo como profissional) e diante do Paulista.


COMO FOI O GOL



(Foto: Divulgação Santos)

Neymar balançou as redes aos 27 minutos do segundo tempo e decretou a vitória do Peixe no Pacaembu por 3 a 0 naquele 15 de março. Na ocasião, o atacante Roni foi o responsável pelo passe do gol. Após cruzamento, Neymar cabeceou e fechou o placar: 3 a 0.

“Ganhamos o jogo por 3 a 0. O gol dele [Neymar] saiu de uma bola esticada na esquerda. Eu cruzei de canhota e o Neymar fez o gol de peixinho. Em seguida ele fez o gesto eternizado pelo Pelé, o do soco no ar, e correu para me agradecer, até porque ele sabia que era um gol importante na vida dele. Todo atacante quer fazer logo o gol quando sobe para o profissional e tirar esse peso”, disse Roni em entrevista ao site do jogador do Paris Saint-Germain.

Com a comemoração de seu primeiro gol como profissional à la Pelé, Neymar homenageou o seu avô, Ildemar, que morreu poucos meses antes.


HOMENAGEM DO SANTOS



CURIOSIDADES



Foto: Getty Images

Com cabelo curto e rosto de menino, Neymar foi muito assediado na chegada do Santos ao Pacaembu. Cercado pela imprensa, ele previu: "Se Deus quiser, hoje eu acho que começo a escrever uma grande história".

Mas nada comparado a sua entrada em campo. Com dezenas de crianças ao seu redor, Neymar mal conseguia andar. Porém, quando a bola rolou, passes, assistências e o gol tão aguardado que entrou para a história.

Ao deixar o estádio, desta vez o jovem foi cercado apenas por seguranças e não conversou com a imprensa. O assédio foi contido.

Além de Neymar, o duelo ainda marcou o reencontro de Giovanni com o Santos. Idolatrodo pela torcida, o jogador foi muito aplaudido apesar de ser adversário naquele momento.