Notícias Placares ao vivo
Palmeiras

Por que Zé Rafael não é escalado no Palmeiras? Veja todas as explicações de Felipão

12:04 BRT 07/03/2019
Zé Rafael Palmeiras treino 12022019
Contratado ainda em 2018, meia ainda não engatou sequência de jogos no alviverde

Apresentado pelo Palmeiras no início deste ano, o meia Zé Rafael era visto como promissor no esquema tático de Felipão, uma vez que, além de Dudu, não havia outras opções para o setor da ponta no meio-campo.

Ainda com o esquema 4-2-3-1, o camisa 8 era visto como um atleta que ajudaria a realizar a transição de jogo para o ataque. Seu desempenho no Bahia, que despertou o interesse do Palmeiras, o credenciava a brigar pela titularidade no alviverde.

No entanto, apesar dos pedidos da torcida palmeirense, Zé Rafael tem sido preterido na equipe, ficando atrás de outros jogadores que chegaram depois, como Carlos Eduardo e Felipe Pires, além de Gustavo Scarpa, já conhecido no clube. Por enquanto, ele disputou apenas a partida contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no dia 23 de janeiro, válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Nesse jogo, Felipão usou um time misto.

Apesar de ser relacionado para todos os outros oito compromissos desde então, Zé Rafael não tem recebido chances na equipe e a situação tem causado estranheza para quem vê de fora. Felipão se pronuciou na sétima rodada do Paulistão de maneira irritada, após o empate em 0 a 0 contra a Ferroviária. Mesmo com a falta de criação dos jogadores, ele se mostrou irredutível a dar mais chances ao reforço.

Os R$ 14,3 milhões desembolsados por ele não têm pesado na decisão de colocar o atleta em campo, muito menos a reclamação dos fãs palmeirenses. A preferência do treinador por Dudu, Carlos Eduardo, Felipe Pires e até Hyoran, recuperado recentemente de lesão, não o ajudam nessa questão.

Mais recentemente, antes da partida contra o Junior Barranquilla pela Copa Libertadores, o técnico voltou a falar sobre o meia. Desta vez, com tom mais detalhado, Felipão explicou o motivo da ausência do meio-campista nos onze iniciais.

"O Zé Rafael teve poucas chances porque eu entendo que na posição que ele joga, que é o lado esquerdo, tem o Dudu. E o Dudu tem dado conta. E no momento que eu acho interessante vou colocá-lo. Ele tem treinado normalmente", revelou.

Considerando a situação, o Vasco da Gama colocou em pauta a possibilidade de obter Zé Rafael por empréstimo, mas o Palmeiras recusou a investida dos cariocas. Seu futuro na equipe parece fadado a aguardar uma oportunidade por conta da ausência do camisa 7, algo que deve ocorrer apenas em caso de lesão ou por ser poupado, o que não aconteceu em nenhum dos 10 compromissos da equipe na temporada.