Político organiza jantar para delegação do Egito e concede título de cidadão checheno para Salah

Comentários()
Mohamed Salah
Getty
Ramzan Kadyrov, representante do governo russo na Chechênia, aproveita jantar para usar imagem do atacante do Liverpool

banner Copa 2018

O Egito já está eliminado da Copa do Mundo, mas as polêmicas envolvendo Salah seguem a todo o vapor. Após negar uma briga com a federação local, o jogador do Liverpool voltou a ver a sua imagem ser vinculada a política. 

Isso porque, na última sexta-feira, o líder da região da Chechênia, Ramzan Kadyrov, organizou um jantar de despedida para a seleção egípcia e aproveitou para se aproximar e usar a imagem do seu principal jogador.  

Representante do governo russo no local, que tem maioria da população muçulmana, Kadyrov  aproveitou a oportunidade e a presença de veículos de imprensa para anunciar que concedeu a Salah o título de cidadão checheno, entregando uma cópia do decreto ao jogador. 

“Mohamed Salah é um cidadão honorário da República da Chechênia. Sim, é isso! Esta noite eu assinei um decreto conferindo esse título ao grande jogador e membro da seleção egípcia e do Liverpool” escreveu posteriormente Kadyroc em uma rede social. 

Goal 50 Revelado: Os 50 Melhores Jogadores do Mundo

A região da Chechênia é marcada por conflitos separatistas desde o fim da União Soviética. Kadyrov é o representante do governo russo na região desde 2007 e é acusado de permitir abusos contra os direitos humanos, discriminando mulheres e homossexuais, além de repreender inimigos políticos. Esse por sinal é um dos motivos pelo qual Salah recebe críticas já que permite uma aproximação do político que usa a sua imagem a seu favor.

Fechar