Piris da Motta é apresentado no Fla, pega camisa de Vizeu e fala em "deixar a alma" em campo

Comentários()
Staff Images/Flamengo
Volante de 24 anos chega ao clube como substituto de Jonas, negociado com o Mundo Árabe e já fica à disposição de Barbieri

Mais novo reforço do Flamengo, o volante Piris da Motta foi regularizado no BID(Boletim Informativo Diário) está liberado para atuar com a camisa Rubro-Negra. O jogador ficará à disposição do técnico Maurício Barbieri de agora em diante. 

Piris da Motta já foi integrado ao elenco principal do Rubro-Negro e apresentado na tarde desta segunda-feira(06), no Ninho do Urubu. No entanto, o Paraguaio, que estava defendendo o San Lorenzo da Argentina, não poderá atuar na Copa do Brasil, ficando disponível apenas para o Brasileirão e a Libertadores da América. 

O jogador de 24 anos assinou contrato até agosto de 2022 e é tido como o substituto imediato de Jonas, negociado com o Mundo Árabe. Piris recebeu a camisa 25, que pertencia a Felipe Vizeu, negociado com a Udinese, da Itália

Piris da Motta Flamengo
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Na coletiva de apresentação, o vice presidente de futebol, Ricardo Lomba, falou sobre a difícil negociação que teve com o San Lorenzo, pela contratação do volante. 

"Mais uma contratação difícil. Os torcedores (do San Lorenzo) se manifestando contra perder um atleta dessa envergadura. Felizes de estarmos mais uma vez aqui, agradecendo aos sócios e torcedores, apresentando Piris, novo reforço do Flamengo". 

Piris da Motta se colocou à disposição de Maurício Barbieri e falou sobre seu estilo de jogo.

"A decisão é do técnico. Sou um jogador de muita raça, me sacrifico pelos companheiros, com muito respeito aos torcedores e ao clube. Acho que isso vai depender do técnico, se vou atuar ou não na quarta. Sinto que estou pronto para jogar, para estar no banco".

O paraguaio também revelou como foi o primeiro contato com os companheiros e comentou a recepção na nova casa.

"Me receberam com bastante bem, espero que me adapte o mais rápido ao clube para poder ajudar em campo. Temos três campeonatos pela frente. Vou deixar tudo no campo. Vou deixar a alma, me entregar pelos companheiros e vou fazer de tudo para conquistar as vitórias".

Fechar