Pablo nega ter sido oferecido a outros clubes e diz que vê chance “muito” grande de ficar no Corinthians

Comentários()
© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Zagueiro do Timão está emprestado pelo Bordeaux, da França, até o fim da temporada

Um dos principais nomes do Corinthians na temporada, o zagueiro Pablo ainda vive impasse com relação ao seu futuro. Emprestado até o fim do ano ao Bordeaux o camisa 3 negou através de sua assessoria que empresários estejam o oferecendo para outros clubes brasileiros e disse que isso é uma tentativa de conturbar o bom momento que vive no Alvinegro.

“Chegaram notícias recentemente que existem empresários me oferecendo no mercado para alguns clubes brasileiros. Quero esclarecer que o único empresário autorizado por mim a falar em meu nome é Fernando César, com quem trabalho há mais de sete anos. Além de meu empresário é a pessoa que sempre cuidou e zelou pela minha carreira”, afirmou o defensor.

“É lamentável que pessoas se aproveitem do bom momento vivido no Corinthians e sabendo que tenho uma negociação para permanecer no clube queiram conturbar o nosso ambiente. Estou focado na conquista do campeonato, fato muito importante para mim e para meus companheiros. No momento certo voltaremos a renegociar para que eu possa definir essa situação”, acrescentou.

Pablo e Borja - Corinthians x Palmeiras - 5/11/2017
(Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Mais cedo, em entrevista ao canal Fox Sports, Pablo disse que são grandes as chances de seguir no Timão, mas lamentou a demora para que a situação tenha uma definição.

"Essa pergunta eu estou respondendo já tem uns oito meses. Sempre falei, a chance é muito grande. Infelizmente temos somente um mês, e agora a gente está muito focado nesses jogos. Não que a gente deixou de lado isso, mas a gente está bem focado nesses seis últimos jogos”, declarou.

"Nem sempre as coisas saem do jeito que pensamos na nossa vida. Como eu falei, infelizmente já poderíamos ter decidido isso há muito tempo. Vamos ver se vai dar tudo certo ou não, se não der tenho que voltar para o Bordeaux como profissional. Como em qualquer outra área, tem que cumprir suas obrigações como profissional”, finalizou. 

Próximo artigo:
Corinthians e Atlético-MG podem acertar troca de Romero e Luan
Próximo artigo:
Após vencer o Chelsea, Emery pede equilíbrio ao Arsenal
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo não desiste de Marcelo na Juventus
Próximo artigo:
Chelsea está de olho em Coutinho, diz jornal inglês
Próximo artigo:
Mourinho reclama de tratamento diferente: "Pep e Klopp puderam escolher jogadores que acompanham as suas ideias"
Fechar