Neymar aceita reduzir salário e avança em acordo com Barcelona, diz jornal

Comentários()
O brasileiro não teria tentado negociar para manter seus ganhos porque já entende que o time catalão deverá pagar caro para tirá-lo do PSG

Neymar aceitou uma redução salarial e está perto de um acordo para voltar ao Barcelona por cinco temporadas, informa o jornal espanhol Sport.

O brasileiro não teria tentado negociar para manter seus ganhos porque já entende que o time catalão deverá pagar caro para tirá-lo do PSG.

Atualmente Neymar recebe 36,8 milhões de euros (R$ 161 milhões) pelo PSG, como foi revelado pelo Football Leaks, e teria aceitado receber 24 milhões de euros (R$ 104 milhões) no Barcelona, o mesmo que recebia antes de deixar o clube.

Ainda segundo o jornal, a prioridade de Neymar é voltar ao Barcelona e ele só cogitaria ir ao Real Madrid caso as negociações com o clube catalão não se resolvessem.

O Barcelona agora precisa se acertar com o PSG, que quer 250 milhões de euros (R$ 1 bilhão) pelo jogador. O clube espanhol, que ainda não se pronunciou oficialmente sobre um possível retorno do atacante, estaria disposto a pagar 100 milhões de euros em dinheiro (R$ 434 milhões) e ceder Philippe Coutinho, cujo valor estimado de mercado é de 150 milhões de euros, aos franceses.

Mais artigos abaixo

Na última semana foi especulado que o Barcelona planejava mandar o trio Samuel Umtiti, Ivan Rakitic e Ousmanne Dembelé por Neymar. O zagueiro francês é o principal candidato a ser incluído no negócio.

Segundo a apuração da Goal, o presidente do Barça Josep Maria Bartomeu teria colocado Coutinho na mesa de negociação por saber do interesse do PSG no atacante. Fontes próximas do clube dizem que o negócio está avançando.

Como publicado pela Goal na última semana o caminho para o retorno de Neymar, porém, passa por outras dificuldades: o jogador deverá pedir desculpas pela forma em que deixou o clube, reduzir seu salário e retirar um processo que tem contra o Barcelona na Justiça.

Fechar