Neneca brilha, Diego Alves comemora: quem será titular do Flamengo?

Comentários()
Hugo Souza Flamengo Goiás Brasileirão 13102020
Alexandre Vidal/CR Flamengo
Jovem goleiro tem grande atuação diante do Athletico-PR e confirma confiança de Domènec mesmo com retorno de 'titular absoluto' da meta rubro-negra

Coisas do futebol: o jovem Hugo Neneca chegou a ser o quarto goleiro do Flamengo e já pensava numa saída para ganhar mais chances de atuar, até que surgiu a inesperada oportunidade no time profissional. Ele não só agarrou como se tornou um dos melhores jogadores da equipe nas últimas semanas. E agora? O titular Diego Alves volta ou vira reserva?

Futebol em casa ou quando quiser? Clique e experimente o DAZN grátis por um mês

Nesta quarta-feira (28), contra o Athletico-PR, o dono da posição nos títulos Brasileiro e da Libertadores viu o jogo entre o banco e a área de aquecimento. O experiente jogador de 35 anos se recuperou de lesão e comemorou lá do outro lado do campo seu jovem substituto defender um pênalti e garantir a vitória por 1 a 0.

O Flamengo foi superior no primeiro tempo, abriu o placar, mas viu o time da casa reagir em Curitiba. E aí surgiu Neneca. Primeiro ele pegou um chute difícil de Walter, depois fez uma defesa complicada numa finalização de Reinaldo, e na sequência parou novamente Walter em cobrança de penalidade máxima sofrida por Cittadini. O lance rendeu uma grande celebração do próprio Diego Alves, torcedor por uma noite.

O camisa 1 se machucou na rodada 6 do Brasileiro, em 30 de agosto. De lá para cá, foram 17 jogos nas três competições. Gabriel Batista jogou três, os primeiros da lista. César jogou quatro, e Hugo acaba de fazer sua décima partida como titular. Aos 21 anos, já parece o bastante para convencer o técnico Domènec Torrent de que é o principal goleiro do elenco hoje.

Diego Alves Flamengo Al Hilal Mundial de Clubes 17 12 2019

Se a temporada ainda é longa e com muitos jogos em sequência, a partida em Curitiba ao menos dá alguns sinais ao torcedor do Flamengo. Hugo Neneca, aposta distante há dois meses, é mesmo uma realidade; Dome bancou a escalação e, mesmo com a volta do ex-titular que ainda negocia a renovação, não viu problemas em colocá-lo no banco; e Diego, ao comemorar efusivamente a defesa do colega, aponta para um bom ambiente interno na disputa pela vaga.

Mais artigos abaixo

O Flamengo agora joga pelo Brasileirão no domingo, contra o São Paulo, e tem a volta da Copa do Brasil, contra o Athletico, na quarta, no Maracanã. Quatro dias depois visita o Atlético-MG no Mineirão.

Mas quem assume o gol? Hugo se firmará como titular absoluto? Dome fará um revezamento entre Neneca e Diego diante do calendário apertado? Ou, como é comum no futebol, o antigo dono da vaga terá prioridade na sequência? Veremos nas próximas rodadas. Fato é que, na lesão do goleiro titular, o Flamengo revelou um talento promissor na posição, consolidado com uma defesa que é a marca da carreira do seu concorrente, aquela da marca do pênalti. A bola agora está com Dome.

Fechar