Mourinho é apresentado no Tottenham e reconhece erros: "sou humilde o bastante para reconhecer"

José Mourinho está prestes a fazer seu primeiro jogo como técnico do Tottenham Hotspur. O primeiro duelo do novo técnico dos Spurs será logo um dérbi londrino, contra o West Ham, que acontece no sábado (23), às 9h30 (de Brasília), pela 13ª rodada da Premier League. Mourinho disse ser humilde o suficiente para reconhecer os erros que cometeu nos outros clubes, mas não exclui a possibilidade de erros nos Spurs, ao contrário, disse esperar cometer "novos erros".

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

"Esses últimos 11 meses foram usados para pensar e me preparar. Você nunca perde seu DNA. Você é o que você é, para as coisas boas e más. Eu sei que na minha carreira eu cometi erros. Eu não vou cometer os mesmos erros, eu vou cometer novos erros. Eu sou humilde. Humilde o suficiente para analisar minha carreira e os problemas. Não havia ninguém mais para culpar, eu fui muito fundo nessa análise", falou Mourinho.

O técnico português não deixou escapar a oportunidade de elogiar o ex-treinador dos Spurs, Mauricio Pochettino e classificou o trabalho dele no clube como "incrível". Mou disse que Pochettino encontrará a felicidade de voltar ao futebol em pouco tempo.

"Eu tenho que dar parabéns a ele [Pochettino] pelo trabalho incrível que ele fez. Esse clube sempre será a casa dele. Esse campo de treinamento é o campo dele. Ele sempre será bem-vindo aqui. Amanhã é um novo dia. Ele encontrará a felicidade em breve", disse o português.

Ele também disse que não precisa de novos jogadores, pois estaria satisfeito com o material humano que o time do norte de Londres tem.

"O melhor presente são os jogadores que estão aqui. Eu não preciso de novos jogadores. Eu só preciso conhecer melhor esses que estão aí. Eu os conheço bem, mas você nunca conhece de fato alguém até se encontrar com eles. Eu disse aos jogadores que eu vim para cá por causa deles. Eu tentei comprar alguns por outros clubes, outros eu nem tentei porque sabia o quão difícil seria", comentou Zé Mourinho.