Membro de torcida organizada do Boca é deportado da Espanha

Comentários()
Getty Images
Um dos cabeças dos barra bravas dos Xeneizes, Maxi Mazzaro está voltando para a Argentina após ser identificado em Madri

Um perigoso membro e uma das cabeças dos barra bravas do Boca Juniors foi deportado da Espanha.

Segundo a Efe, a Polícia Espanhola deportou Maxi Mazzaro após identificar o ultra em Madri. Ele já está voltando para a Argentina.

A polícia considera Mazzaro um dos mais "significativos e perigosos" ultras que existem, e ele ainda possui uma grande lista de antecedentes penais.

A polícia espanhola tenta garantir a segurança do jogo de volta da final da Copa Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors, neste domingo (9), às 17h30 (de Brasília), no Santiago Bernabéu. A partida acontece na capital espanhola após toda a confusão e os atos lamentáveis no Monumental de Núñez sábado retrasado.

Fechar