Lee Kang-in: Conheça a alternativa sul-coreana para David Silva

Comentários()
Getty
O jogador de 18 anos já é alvo do Real Madrid após impressionar em suas primeiras aparições no Valencia

Enquanto o Mundial Sub-20 revelou muitas surpresas, uma delas talvez tenha sido a da chegada da Coreia do Sul na final contra a futura campeã, Ucrânia. Os asiáticos, no entanto, tem uma razão em especial para comemorar: Lee Kang-in.

Mesmo com 18 anos recém-completos, Lee foi premiado com uma Bola de Ouro como melhor jogador do torneio na Polônia. Destaque de um grupo que envolveu os então favoritos Portugal e Argentina, Lee foi às redes duas vezes nas eliminatórias. Um dos tentos marcados foi o de pênalti na final disputada no último sábado (15).

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste do serviço por um mês grátis!

Mas sua movimentação foi a característica mais notável, o que causou dores de cabeça aos defensores adversários graças à rapidez e capacidade de jogar em qualquer posição do último terço do campo.

E enquanto Lee começa a escrever sua história nos gramados, seu talento já é reconhecido desde sua infância, quando apareceu em um programa de televisão sul-coreano. Seu pai, um professor de tae-kwon-do, admite que o talento do meia é um elemento natural.

"Ele absorve o conhecimento como se fosse uma esponja. Ele é o ponto focal do time, tem muita velocidade, ótima finalização e sabe defender", descreveu Yoo Sang-cheol, lenda do futebol sul-coreano.

Quatro anos depois, Lee foi observado pelo Valencia e esse interesse se transformou em uma mudança com seus pais e as duas irmãs para a Espanha com 10 anos. Com 16, ele já estava no elenco Sub-20 e era destaque da equipe. Sua estreia na equipe profissional não parecia estar distante, levando em conta a ascensão meteórica na base.

GFX Lee Kang-in 19062019

Muito por conta de seu desempenho de encher os olhos, os Morcegos ofereceram uma renovação contratual de quatro anos, que envolvem uma multa rescisória de 80 milhões de euros (cerca de R$ 347 milhões). Os veículos de impensa local dizem que ele não deve ser ignorado por Marcelino, treinador da equipe. Não à toa, em outubro de 2018, ele fez sua estreia pelo elenco principal na vitória de 2 a 1 sobre o Ebro na Copa do Rei. Posteriormente vieram as atuações em La Liga e na Europa League.

"Ele está disposto a aprender todos os dias, não importa se é com o elenco principal ou o da base. Lee é um jogador com muito talento", revelou o diretor das categorias de base da equipe, Luis Vicente Mateo, em entrevista exclusiva à Goal.

Um dos que fazem parte da lista Goal NxGn de 50 melhores jovens jogadores de futebol em março, o meio-campista começará a sentir a pressão de precisar amadurecer seu futebol pela equipe e a seleção. Ele já foi comparado a David Silva que, assim como Lee, era um canhoto franzino que passou pelas categorias de base antes de se tornar fundamental para o time.

Lee Kang-in South Korea 2019

Enquanto isso, na Coreia do Sul, a expectativa sobre Lee tende apenas a crescer e, apesar de Heung-Min Son ser o centro das atenções dos que acompanham o futebol, ainda mais após a campanha memorável na última edição da Champions League, não parece distante o cenário em que ambos dividam a paixão dos torcedores. Uma eventual parceria na Copa do Mundo de 2022 é, no mínimo, um sonho de consumo para dizer o simples.

Se Lee estará ou não no Valencia também é outra dúvida. Apesar da multa rescisória espantosa, seu desempenho na Polônia resulta em manchetes reportando o interesse de equipes como o Real Madrid, que contratou Takefusa Kubo, chamado de 'Messi japonês'. A dupla, caso acontecesse, deixaria a torcida dos Blancos animada.

Por enquanto, o foco do atacante é de se manter focado em crescer. Quando voltou à sua terra natal após a campanha no Mundial, ele disse: "A Bola de Ouro é um prêmio que todos os meus companheiros receberam juntos". Modesto e talentoso, Lee tem tudo para ser uma estrela do futebol mundial.

Fechar