Jack Grealish no Manchester City: veja detalhes da negociação de 100 milhões de libras

Última atualização
Getty Images

O Manchester City está prestes a fechar um contrato recorde de £ 100 milhões (US$ 139 milhões/R$ 720 milhões) pelo meio-campista Jack Grealish, do Aston Villa, nos próximos dias, confirmou a Goal.

O campeão da Premier League fez uma oferta pelo inglês no final de julho, com notícias indicando que ele já estava em Manchester para fechar um acordo.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O City não quis comentar sobre a transferência, mas entende-se que o negócio poderia ser concluído antes do confronto do City contra o Leicester City, no sábado.

Grealish representa expectativa ao City?

A contratação de Grealish representaria um acordo com um dos mais talentosos atletas do futebol inglês e Pep Guardiola tem sido um grande fã desde que o descreveu como um "jogador excepcional", em 2020.

Junto com Harry Kane, do Tottenham, City fez do jogador de 25 anos um de seus alvos prioritários neste verão, acreditando que ele acrescentaria uma dimensão extra ao seu time.

Grealish mostrou que pode mudar o jogo na Euro 2020, quando colocou talento e inspiração, saindo do banco de reservas, para a Inglaterra. Com o meia, o City acredita que pode trazer ainda mais qualidade a um time já talentoso e levá-los à primeira taça da Liga dos Campeões, depois de perder a última temporada para o Chelsea, na final.

Por que Grealish quer trocar de clube?

Grealish está com o Villa desde os seis anos de idade e enfrentará um difícil dilema ao deixar seu clube de infância, mas uma mudança para o Etihad Stadium oferece a oportunidade de disputar a Premier League, bem como jogar a Champions League, que está um pouco longe para Villa, embora os proprietários Nassef Sawiris e Wes Edens tenham planos ambiciosos para o clube.

O jogador não escondeu sua admiração por Kevin De Bruyne e estabeleceu um relacionamento próximo com a estrela em ascensão do City, Phil Foden, durante os jogos pela seleção inglesa. Além disso, trabalhar com Guardiola lhe dá a oportunidade de elevar sua carreira ainda mais.

Uma transferência recorde

O negócio de £ 100 milhões seria um novo recorde de transferência britânica, superando os £ 89 milhões (US$ 116 milhões/R$ 644 milhões) que o Manchester United pagou à Juventus por Paul Pogba, em 2016. Também quebraria o próprio recorde de transferência do City, que foi estabelecido pela transferência do último verão pelo zagueiro Ruben Dias, ex-Benfica, que custou £ 62 milhões (US$ 79 milhões/R$ 448 milhões).

O City talvez venha a quebrar o recorde novamente caso queira fechar um acordo com Kane, já que o Spurs pode esperar por um valor ainda maior.