Inter iguala recorde de vices no Brasileirão da forma mais traumática possível

Apesar disso, Colorado também bateu o número de vitórias seguidas na competição na era dos pontos corridos

Com o empate em 0 a 0 com o Corinthians, o Internacional, campeão Brasileiro em 1975, 1976 e 1979, bateu na trave e por um gol e algumas bolas na trave ou nas mãos de Cássio, ficou com o vice-campeonato.

O time chegou ao seu oitavo vice, empatado com o Santos. Os outros aconteceram em 1988, 2005, 2006, 2009 e agora 2020 - confira quem são os times com mais títulos e com mais vice-campeonatos do Brasileirão Unificado.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O Colorado liderou ao lado do São Paulo a Série A, por 14 rodadas (cada). Já o Flamengo, ficou apenas as duas últimas na frente e mesmo assim, acabou com o título do campeonato.

Patrick Internacional Corinthians Brasileirão 25 02 2021 (Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação)

Mas é possível afirmar que este segundo lugar, apesar da grande campanha – inclusive com recorde de vitórias consecutivas na história do Brasileirão – representou o “quase” mais dolorido para os colorados.

Isso porque, além de terem perdido a liderança para o Flamengo na penúltima rodada, o clube teve grandes chances de ficar com o troféu no duelo derradeiro, contra o Corinthians. Enquanto o Flamengo era derrotado pelo São Paulo, no Morumbi, tudo o que os colorados precisavam era de um gol dentro do Beira-Rio. O título viria se apenas um golzinho viesse.

A equipe comandada por Abel Braga tentou. E tentou muito. Chegou a ter um pênalti assinalado a favor, antes de ter sido desmarcado, de forma bastante polêmica, pelo árbitro depois de consulta ao VAR. Houve também gols anulados, uma grande atuação do goleiro corintiano Cássio... e bolas na trave.

Uma campanha boa que se encerrou com um roteiro dolorido para qualquer torcedor colorado, que segue no sonho de acabar com o jejum de títulos de Brasileirão que perdura desde 1979.

Fechar