Inter ao estilo Coudet faz Flamengo sofrer - e também sofre da própria intensidade

Comentários()
Considerado um dos melhores jogos do campeonato, Flamengo e Internacional fizeram partida quente e com emoção até o final

Internacional e Flamengo fizeram nesse domingo (25) um dos mais esperados jogos desse primeiro turno do Brasileirão 2020. No embate de forças, o duelo acabou 2 a 2 e mostrou um jogo de ritmo muito alto, que foi determinante no resultado . Foi pela forte pressão que o Inter marcou seus dois gols, mas também o aspecto físico faltou para segurar o ímpeto do Flamengo na segunda etapa.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

O jogo no Beira-Rio começou agitado. Aos sete minutos, Abel Hernández anotou para o Colorado. Quatro minutos depois, Pedro igualou o marcador. Ainda na primeira etapa, o artilheiro do Brasileirão, Thiago Galhardo voltou a colocar o Internacional na frente. Depois de pressionar muito na segunda etapa, o Flamengo encontrou o empate já nos acréscimos, com Everton Ribeiro.

Nas redes sociais e nos canais televisivos, destacou-se a qualidade do jogo e o fato de que as duas equipes sempre buscavam jogar com um futebol ofensivo. Em especial falou-se da intensidade que o Internacional de Edaurdo Coudet aplicou na partida. Foi ela a responsável pelos gols, mas também pode ter sido a exaustão que ela trouxe, o fator que fez com que o Flamengo crescesse tanto no segundo tempo.

No lance do primeiro gol, Patrick pressionou Mauricio Isla e conseguiu roubar a bola perto da área e achou Abel Hernández livre para apenas empurrar para o gol. No segundo tento, a pressão sobre Gustavo Henrique deu certo e o zagueiro acabou dando um passe para o adversário Galhardo, que fez o gol.

Mais artigos abaixo

Acontece, porém, que tamanha pressão cobra seu preço fisicamente. E os jogadores do Inter parecem ter sentido essa cobrança na segunda etapa. O Flamengo só tinha finalizado quatro vezes na primeira etapa. Nos 45 minutos finais, porém, o time de Domènec Torrent arrematou 12 vezes. Pelo lado do Inter, a situação se inverteu: foram oito arremates no primeiro tempo, enquanto na metade complementar o Colorado finalizou apenas duas vezes.

O jogo que colocou o líder e vice-líder frente a frente não decepcionou. Porém, o resultado não agradou nenhum dos dois, que viam a oportunidade para se descolar dos outros rivais, que também brigam para estar entre os primeiros lugares.

Fechar