Giroud diz que Aubameyang forçou a sua saída do Arsenal

Comentários()
Getty
Jogador deixou os Gunners no último dia da janela, com a decisão de cruzar Londres em vez de se dirigir para o Borussia Dortmund

Olivier Giroud admitiu que a chegada de Pierre-Emerick Aubameyang forçou a sair do Arsenal em janeiro, com o apoio do técnico Àrsene Wenger.

"Fui falar com o treinador várias vezes para perguntar em que ponto estava a situação de [Pierre-Emerick] Aubameyang. Pressionei-o um pouco, tal como fez também o meu agente, com que eu falava várias vezes ao dia. É uma situação normal", disse em entrevista à revista France Football.

"Não queria perder a hipótese de ir para o Chelsea, que era a melhor solução para mim. O treinador disse imediatamente: 'não precisa se preocupar que eu farei tudo o que estiver ao meu alcance para que seja feliz'. Até me disse que ficaria f***** se eu não fosse convocado para o Mundial da Rússia", completou.

Pierre-Emerick Aubameyang Arsenal
Foto: Getty Images

Francês assinou contrato de um ano e meio com os Blues de Londres; transferência teve valor de 18 milhões de libras. 
 

Fechar