Ex-Ituano, Gabriel Martinelli marca dois gols em estreia como titular pelo Arsenal

Comentários()
Laurence Griffiths / Equipe
Em goleada do Arsenal em jogo da Copa da Liga Inglesa, o brasileiro balançou as redes duas vezes e foi o destaque da equipe londrina

Há exatos seis meses, Gabriel Martinelli jogava uma de suas últimas partidas com a camisa do Ituano. No Morumbi, no dia 24 de março, pelo primeiro jogo das quartas-de-final do Campeonato Paulista, o São Paulo bateu o Galo de Itu por 2 a 1, com dois gols de Igor Gomes. Após a eliminação de seu ex-time no Paulistão, o jovem atacante deu adeus a terras brasileiras e foi do interior paulista à capital inglesa, para assinar com o Arsenal.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

E o começo de Martinelli vem sendo, no mínimo, inspirador. Visto pelo clube como uma de suas maiores esperanças, o atacante acaba de dar seu cartão de visitas: em jogo válido pela Copa da Liga Inglesa, hoje, 24 de setembro, diante do Nottingham Forest, o brasileiro não só estreou como titular mas também marcou seu primeiro tento em jogos oficiais com a camisa da equipe de Londres, numa bela cabeçada, após exímio cruzamento de Calum Chambers. E o jovem não só provou que é bom cabeceador: ele também tem habilidade com os pés. Nos acréscimos, o ex-jogador do Ituano arrancou pelo meio e acertou a redonda no ângulo, para finalizar a goleada de 5 a 0 dos Gunners.

Mais artigos abaixo

Com gols e boas atuações, o brasileiro pode ganhar mais espaço com o treinador Unai Emery, já que o Arsenal, especialmente com a lesão do francês Alexandre Lacazette, não possui opções muito consolidadas para o ataque, contando apenas com o craque Pierre Aubameyang e com o recém-chegado Nicolás Pépé. Essa lacuna de opções pode elevar Martinelli a um patamar mais alto, mesmo em sua primeira temporada.

E a chegada do jovem natural de Guarulhos (SP) pode simbolizar uma virada de página para o Arsenal, pelo menos naquilo que diz respeito ao mercado sul-americano. Os Gunners exploraram muito pouco as terras brasileiras nos últimos anos. Em times vencedores na história do clube, no começo da década passada, atletas como Edu Gaspar e Gilberto Silva foram peças importantes que ajudaram a equipe a conquistar a Premier League, por exemplo.

Um dado importante que mostra o descaso do clube londrino com o Brasil é que o último jogador contratado diretamente do país tupiniquim foi Wellington Silva, na temporada 2010-11, e o atual jogador do Internacional nem conseguiu atuar pelos Gunners. Com a chegada de Edu Gaspar para o cargo de diretor técnico, o Arsenal deve estar mais presente no continente sudaca, como atuou na contratação de Martinelli, indicado pelo ex-jogador. Se o jovem atacante conseguir se consolidar, certamente teremos mais garotos trocando a feijoada pelo chá da tarde.

Fechar