Essa é a história de Garrincha, o 'Anjo das Pernas Tortas'

Com a camisa do Botafogo, ele foi mágico. Com a 7 da seleção, encantou o mundo. No dia 28 de outubro de 1933 nascia Manuel Francisco dos Santos, mais conhecido como Mané Garrincha. Hoje, completaria 86 anos, se estivesse vivo.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Comemorando o aniversário de um dos grandes craques da história do futebol, a Goal  criou um vídeo contando alguns causos da vida do "Anjo das Pernas Tortas". Estrela dentro dos campos e nos botecos do Rio de Janeiro, Garrincha foi mais do que um jogador: foi o imaginário de uma nação, foi a boemia, foi Macunaíma.

Dizem que Garrincha era o único que conseguia ser protagonista jogando junto com Pelé. Natural. Atraía as atenções dentro e fora do campo. Teve um relacionamento conturbado com Elza Soares e era o assunto de qualquer papo de botequim. Aos 47, já debilitado pelo alcoolismo, foi destaque da Mangueira.

Três anos depois, partiria. Sua memória, no entanto, ainda vive, em cada drible, em cada bela jogada, em cada sorriso de torcedor, em cada garoto pobre que deixa o adversário no chão, comendo poeira. Viva, Garrincha. Viva Garrincha!