Ederson tem tumor no testículo detectado, e passará por cirurgia

Comentários()
Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação
Jogador demonstrou confiança na recuperação e recebe total apoio do Rubro-Negro

O Flamengo iniciou as atividades na manhã desta terça-feira com uma notícia delicada. O meia Ederson, junto ao médico Márcio Tannure e o presidente Eduardo Bandeira de Mello, convocaram uma entrevista coletiva para anunciar que o jogador está com um tumor no testículo. 

Tannure explicou como foi descoberta a patologia no jogador. "O atleta teve resultado analítico adverso positivo para doping. A gente suspeitou que pudesse, por todo histórico do atleta, com toda a confiança que a gente tem nele, que isso pudesse ser patologia do atleta. Porque desse resultado analítico adverso. Descobrimos que o atleta tem tumor no testículo", disse.

"Não gostaria de dar nenhuma previsão. Tratamento é cirúrgico, para retirada dessa lesão. Vai acontecer até o fim da semana, terminando exames. Após a cirurgia, vai ser detectado a gravidade e vamos poder dar parecer. Existe possibilidade (de quimioterapia). Vai depender da biópsia para ver se existe a possibilidade de quimioterapia. Independentemente disso, prognóstico final é bom de recuperação", completou o médico.


VEJA TAMBÉM:


Já Ederson se mostrou tranquilo, apesar da notícia, e confiante para o tratamento. "Nesse momento é até difícil de ter palavras, me impactou muito. Mas agora sabendo de tudo, como doutor explicou, estou triste por essa notícia. Porém, estou muito tranquilo, ciente dos dias que virão pela frente. Sei que vai ser só mais uma batalha na minha vida. Pensamento positivo, agradecer a todos, da comissão, do clube. Fiz questão de reunir e explicar para eles", explicou.

O jogador acredita que a convivência dentro do clube irá ajudar em sua recuperação. É um grupo maravilhoso, de qualidade futebolística e humanas maravilhosos. Vai ser importante para mim ter essa convivência. Um dos melhores grupos, se não o melhor. Vou vencer mais essa batalha e continuar fazendo o que mais gosto que é jogar futebol".

"Falei para eles (jogadores), família, não quero ver ninguém com carinha triste. Pelo contrário, quero bom humor. É o que vai me ajudar da melhor maneira possível", disse.

O presidente Eduardo Bandeira de Mello afirmou apoio total ao meia. "Com desenvolvimento do assunto vimos que é inocente em doping, mas tem questão médica que vai ser resolvida. Vai ter todo nosso apoio. Fla vai ter mais um motivo para jogar em homenagem ao companheiro que vai estar torcendo. Que vai ter recuperação plena e rápida", finalizou.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar