Dirigentes do Flamengo viajam para a Europa em busca de reforços

Última atualização
Alexandre Vidal/CR Flamengo

De olho em reforços, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, e o diretor da pasta, Bruno Spindel, viajaram para a Europa. A ideia dos dirigentes é tentar voltar com Kenedy e Thiago Mendes na mala. A notícia foi trazida primeiramente pelo canal Flazoeiro e confirmada pela Goal. Caso não haja sucesso, os dirigentes podem mapear o mercado e buscar alguma alternativa.

A dupla embarcou para Portugal, país que se tornou porta de entrada dos dirigentes na Europa, principalmente por conta da pandemia da Covid-19. Marcos Braz, inclusive, tem cidadania portuguesa. A dupla pretende acelerar as trativas junto ao Chelsea e debater as clásulas de obrigatoriedade de compra com o Lyon, por Thiago Mendes. 

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O Lyon, inclusive, bate o pé e pede ao menos 10 milhões de euros para negociar o volante e, pelo menos até o momento, descarta fazer negócio com opção de compra. O presidente do clube não abre mão do negócio em definitivo. 

Kelly Mendes, esposa de Thiago Mendes, já deixou claro que o desejo do jogador e de toda a família é pelo acerto com o Flamengo. No caso de Kenedy, os dirigentes acreditam que podem convencer o Chelsea de um empréstimo sem compensação financeira. 

Sem previsão de investimento em compra de jogadores, a diretoria do Flamengo prioriza negociações por empréstimo e sem a necessidade de compensação financeira.