Dinamarca surpreende e cai de pé na Copa do Mundo

Comentários()
Eliminada nos pênaltis, seleção fez jogo duro com a Croácia neste domingo (1)


Goal

A Croácia entrou em campo na tarde deste domingo (1) considerada grande favorita contra a Dinamarca nas oitavas de final. No entanto, os torcedores esqueceram que na Copa do Mundo da Rússia não existe um "jogo fácil" e todo favoritismo cai quando a bola rola.

ASSISTA: os gols de Croácia 1 (3) x 1 (2) Dinamarca

Após Alemanha, Argentina e Espanha se despedirem do Mundial, quase foi a vez da Croácia. É bem verdade que eles confirmaram as apostas e avançaram. Porém, a classificação não foi tão fácil quanto esperavam.

O técnico Age Hareide surpreendeu e apostou numa equipe mais ofensiva, afastando a ideia de que iria para o jogo apenas para se defender. No primeiro tempo, o time se mostrou muito organizado e disciplinado. Com a proposta de deixar o adversário mais com a posse de bola, quando sobrava ia para cima e trabalhava de maneira objetiva. 

Mathias Jorgensen Denmark 2018
Foto: Getty Images

O gol com menos de um minuto de jogo foi um claro sinal de que os croatas enfrentariam grande problema e não seria tão fácil quanto imaginavam, apesar de terem empatado logo na sequência.

Na volta do intervalo, os dinamarqueses proporam um outro duelo. A entrada de Poulsen deu mais intensidade para a equipe e a atuação foi muito superior nos 45 minutos finais e buscaram mais o gol. 

Números de Croácia x Dinamarca

Enquanto isso, a Croácia foi pega de surpresa pela atitude do adversário. Eles não estavam esperando uma classificação passando por prorrogação e pênaltis. Pela campanha na primeira fase de ambas as equipes, apostavam que poderiam resolver no tempo regularmentar e a fisionomia dos jogadores quando deixaram o gramado no intervalo era de pura insatisfação e contrariados.

Mas os croatas resolveram fazer valer seu status e após ver o seu principal jogador perder um pênalti já no final da prorrogação, sacramentaram a classificação por 3 a 2 nas penalidades. 

010718 Kasper Schmeichel Ante Rebic Croacia Dinamarca
Foto: Getty Images

A Dinamarca cai de pé, se despede da Rússia de cabeça erguida e com uma grande atuação de Schmeichel. Com uma proposta de jogo bem clara e organizada, a seleção pode não ser uma "Dinamáquina", mas deixam boa esperança para os torcedores dinamarqueses. O futuro é logo ali.

 

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar