Renato Augusto é o primeiro "chinês" da história a defender o Brasil em uma Copa do Mundo

Comentários()
Getty Images
Meia brasileiro assumiu papel importante no meio-campo da Seleção durante as Eliminatórias e carimbou o passaporte para a Rússia

Pela primeira vez na história, a Seleção Brasileira vai disputar a Copa do Mundo com um jogador que atua na China. Trata-se de Renato Augusto, que defende as cores do Beijing Guoan. Além dele, Gil também teve a oportunidade mas acabou perdendo força nas preferências de Tite.

Vale ressaltar que Paulinho, quando retornou à Seleção, em agosto de 2016, também estava no futebol chinês e poderia ter sido mais um nome caso não tivesse se transferido para o Barcelona, no ano passado. 

Aos 30 anos de idade, Renato Augusto vai para a sua primeira Copa do Mundo, ele também carrega no currículo o fato de ter feito parte do time que alcançou um feito inédito no futebol brasileiro: a conquista do ouro olímpico.

Renato Augusto Beijing Guoan
(Foto: Beijing Guoan / Divulgação)

Um jogador que se adapta facilmente a várias posições no meio-campo, Renato é homem de confiança de Tite, ele foi comandado pelo atual treinador da Seleção no Corinthians onde faturaram juntos o Campeonato Brasileiro e o meia teve grande atuação chegando na Canarinho, na época comandada por Dunga. 

Mais artigos abaixo

"O Renato é versátil em termos técnicos e táticos Se está mais avançado, tem um poder de retenção e finalização muito grandes. Mais recuado, tem um poder de organização perto do volante. No Bayer (Leverkusen) ele jogou por vezes de segundo volante porque tem essa qualidade do passe. São diversas características importantes e versatilidade", assim definiu Tite sobre as caracterísricas do meia.

Renato Augusto soma cinco gols com a camisa da Canarinho, três deles na campanha das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O primeiro foi diante do Peru, na vitória brasileira por  3 a 0, atuando dentro de casa. 

Renato Augusto Kyle Walker England Brazil Friendly 14112017
(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Ao todo, ele soma 31 convocações e 28 jogos com a camisa brasileira. Titular absoluto durante a campanha para a Copa, Renato agora vê a concorrência aumentar principalmente com Fernandinho e Willian. Ele inclusive deu espaço para o volante do Manchester City no duelo contra a Alemanha, em Berlin, em março deste ano. 

Se Renato Augusto é o primeiro "chinês" da história a defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo, ter um jogador que atua na Ásia não é novidade. Em 1998, por exemplo, o Brasil teve Cesar Sampaio e Dunga, ambos atuavam no Japão. 

Próximo artigo:
Chelsea x Tottenham: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quinta-feira, 24 de janeiro
Próximo artigo:
Palmeiras 1 x 0 Botafogo-SP: Verdão tem vitória magra em sua Arena
Próximo artigo:
Lesão de Neymar deixa técnico do PSG em alerta: "estou preocupado"
Próximo artigo:
“Ausência de Messi não é desculpa”, diz Suárez após derrota
Fechar